terça-feira, agosto 15, 2006

Braga: Formação Oriental/ Fusão intensiva 2006/2007 - Iris

FORMAÇÃO INTENSIVA 2006/2007
DANÇA ORIENTAL
DANÇAS DO MUNDO (FUSÃO)
DANÇA ORGÂNICA (Meditação em movimento)

Nível aberto
Objectivos:
. Promover a consciência corporal, revitalizando os sistemas circulatório, muscular e ósseo, a partir de exercícios de melhoramento e correcção postural, respiração, coordenação e isolamento de movimentos.
. Desbloquear tensões físicas, psicossomáticas e emocionais, de forma a promover o relaxamento e controle gradual das diversas partes do corpo.
. Revitalizar os sistemas digestivo e reprodutivo, melhorando a função dos órgãos internos através do estímulo da circulação sanguínea e oxigenamento.
. Estimular um equilíbrio entre contracção e descontracção musculares (sobretudo da zona abdominal, pélvica e dorsal), de forma a reestruturar, reafirmar e fortalecer estas zonas, permitindo-lhes simultaneamente mobilidade e versatilidade, em pleno respeito e melhoramento da estrutura anatómica feminina.
.Promover uma crescente sensação de bem estar, tranquilidade e plenitude, deixando o corpo responder espontaneamente aos estímulos musicais e de movimento propostos.
. Desenvolver a auto-estima, a feminilidade, e a comunicação.
. Desenvolver a sua linguagem corporal individual, expandindo o seu vocabulário e potencialidades, através de movimentos de dança milenarmente utilizados pelas mulheres orientais.
. Desenvolver a intuição corporal e a criatividade, promovendo um processo de contemplação e aceitação do corpo, ao invés de controle.
. Promover uma relação corpo/mente harmoniosa e fluida.
.Facilitar a concentração e relaxamento, desenvolvendo uma harmonia entre disciplina e fluidez.
. Traduzir a sensação/emoção em movimento, e transformar as percepções em dança.
. Introdução à cultura e costumes do Médio-Oriente, bem como compreensão dos objectivos físicos, culturais e por vezes sagrados dos movimentos propostos.
. Integrar e reconhecer os elementos (terra, água, fogo, ar) dentro de si e em seu redor.
. Desenvolver e criar um espaço para o «Sagrado Feminino»: encontrar o corpo como templo, e compreender a forma como pode desenvolver e manifestar o que somos e a nossa espiritualidade.
. Apresentação dos trabalhos realizados, numa simples e intimista Celebração Oriental, com chá de menta , a ter lugar em Junho (data a definir).

Programa:
As aulas serão compostas de exercícios básicos de postura, respiração, alongamento e consciência corporal.
Partimos da sensação para despertar e revitalizar cada parte do corpo. Trabalharemos movimentos básicos de dança, que permitam ilustrar física e emocionalmente a música sobre a qual dançaremos de forma simples, fluida e livre. Criaremos um alicerce consistente para os seguintes níveis de Dança.
Dança Oriental:
Trabalharemos Dança Oriental Clássica e fusão e Folclore Egípcio, estando prevista a aprendizagem integral de três coreografias: a Dança da Água (trabalho de véu, fusão Arábo- Indiana), Gypsy Fire (trabalho de Dança Oriental Clássica sob música turca) e Dança do Cântaro (folclore Egípcio, composição coreográfica livre e improvisações).
Trabalharemos igualmente improvisações, a partir de exercícios individuais e de grupo.
Dança Fusão Balkans:
Trabalharemos danças de grupo, aberturas, giros e suspensões, estando prevista a aprendizagem de duas coreografias: Gypsy Caravan (elementos de Fusão Oriental, Flamenco e Balkans, uso de xaile) e Dança com pandeireta (elementos de fusão Oriental e Rhom).

Material necessário:
. Roupa confortável
. Lenço para atar em torno da anca
. véu, quando solicitado
. cântaro, quando solicitado
. pandeireta, quando solicitada
. xaile, quando solicitado
. Caderno e lápis de cor
. Boa disposição e abertura de espírito!

Avaliação:
.No final do ano lectivo será entregue a cada aluna um certificado com comentários da orientadora acerca da sua evolução pessoal.
. Será aconselhada, ou não, a transição para nível Intermédio.
.Serão aconselhados trabalhos de casa, quer para todo o grupo quer pessoalmente, de acordo com as necessidades globais das alunas e específicas de cada uma.
. Os trabalhos solicitados serão apresentados nas aulas constituindo um importante elemento de avaliação.
. A avaliação tem em conta o desempenho nas aulas, a evolução pessoal de cada aluna, a interacção no grupo, a criatividade e improvisação.

Assiduidade:
. No total dos 10 meses de curso é permitido um máximo de 3 faltas. Acima deste número a avaliação não será feita por se considerar falta de elementos para o efeito.
.A assiduidade é imprescindível para conseguir resultados sólidos e uma evolução coesa e sistemática. É também vital para a evolução do grupo que todos os elementos estejam presentes com a máxima frequência, desta forma os conteúdos propostos serão mais facialmente assimilados quer pela aluna, quer pelo grupo em que se insere.
. Em caso de falta, serão propostos trabalhos de casa de compensação a fim de que não perca matéria, não se atrasando em relação ao grupo.

Pontualidade:
.A aula começará no máximo 10 minutos após a hora prevista. Para que possa usufruir de todo o aquecimento e trabalho previsto solicitamos que não se atrase.

Celebração Oriental e Rhom:
Apresentação dos trabalhos construídos ao longo do ano-lectivoJunho, data a definir

Duração:10 meses, de Setembro a Junho
Datas: Sextas Setembro 22, Outubro 20, Novembro 24, Dezembro 15
As datas de 2007 serão entregues em Novembro

Horários:
Dança Orgânica: 17h /18h
Dança Oriental: 18h/20h
Danças do Mundo, Fusão Rhom Balkans: 20h/22h
Os horários podem sofrer alterações.

Local: a definir

Info/Inscrições:
Lúcia 966 720 072
ciganalucia@hotmail.com
Ana Caridade 965 502 269 acaridade@sapo.pt

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home