sábado, julho 21, 2012

Este blog foi substituido pelo site: www.innergarden.pt visite-nos :)

sexta-feira, setembro 09, 2011

ALQUIMIA DO SER auto-conhecimento, cura e expressão 9 encontros para homens e mulheres


Ecologia de Si
Outubro a Junho

Este é um trabalho que recorda o Ser como naturalmente ecológico e alquímico. Tendo as inatas capacidades de respeitar-se, reequilibrar-se, regenerar-se e transformar-se, quer seja fisica, ou psico-emocionalmente.
Recuperando técnicas ancestrais e contemporâneas de auto-conhecimento, cura e expressão, veicular a reconexão, relembrar e retomar consciência destes aspectos de nós e de como integra-los Harmoniosamente no Ser que somos, e assim em todos os aspectos das nossas vidas.

O nosso objectivo é integrar formas de sabedoria de modo a que possam ser utilizadas para auxiliar cada indivíduo, e não criar uma nova técnica a partir de fusões. Pretendemos que cada pessoa possa apropriar-se das ferramentas que lhe fazem sentido para seguir o seu caminho de cura e de expressão pessoal, de forma a poder partilha-lo de acordo com a sua experiência e sensibilidade únicas, sem para isso contruir uma técnica ou uma filosofia.

Sobretudo acreditamos que cada um de nós pode curar-se a si mesmo, reconectar-se com a sua essência e manifesta-la, sendo o Artista e o Mensageiro da sua própria vida, criando e recriando a sua realidade, reconhecendo-se no Todo e reconhecendo o Todo em si, além de qualquer condicionamento ou dualidade.

WWW,AIGA-AIGA.BLOGSPOT.COM
WWW.SOUL-PALACE.COM
WWW.IRISLICAN.BLOGSPOT.COM


MAPA DOS ENCONTROS:

O corpo integral :
- Cozinha Vegetariana Vegan Criativa : nutrindo corpo e espírito
- Mandalas alimentares : unir intuição, intenção e nutrição no acto de alimentar-se e proporcionar alimento aos outros
- A reciprocidade: Nutrir, Ser nutrida; O que é o para mim o meu corpo e o Corpo da Terra que proporciona alimento
Ayurvedic body work :
-realinhamento postural, Asanas de Hatha Yoga (posturas de estiramento, força, e permanência)
- Pranayamas (respiração consciente)
- Os Doshas (tipos de corpo) : vatta, pitta, kapha e suas combinações
- Os Três Gunas ( três energias) e suas manifestações: rajas, tamas e satvia
- os 7 chackras
- Dhyanna : meditação e mantras
Dança, movimento e toque :
- Movimento livre e orgânico
- O corpo como elemento orgânico : integrado em si mesmo, nos 5 elementos e na natureza, ecologia interior
- As fases hormonais da Mulher : menstruação, maternidade e menopausa
Suas vivências físicas, emocionais e simbólicas
- o toque : massagem e consciência de como tocamos e recebemos o toque
- o corpo orgásmico: a sexualidade à flor da pele (desejo, prazer, expressão e repressão)
-A vibração : taças tibetanas e voz
Ritual e mitologia arquetipica:
- integração dos arquétipos mitológicos na nossa vivência : integrar e desenvolver qualidades, compreender fases e transformar
- os ritos iniciáticos: assinalar transições interiores
- O Sacro Ofício e o Sacrificio : o valor da dor
- a roda pagã do ano
- Rituais Shamânicos : o seu valor na auto-cura
Auto-consciência :
- Acesso ao seu Potencial
- auto-conhecimento e auto-consciência
- A comunicação e relacionamento com os outros e consigo próprio
- Receptividade e Ouvir

OS TEMAS E NOÇÕES ABORDADOS :
Sistemas de crenças
- Desconstrução de padrões de pensamentos e de funcionamento
- Crenças e valores
- Identificar os valores fundamentais
- As emoções fundamentais
- Influencia do passado na construção da personalidade
- Personalidade – identidade - Ego
- Dualidade - não dualidade. Atracção - repulsão
Realidade Versus percepção
- O tempo e o espaço
- Uma visão do mundo única para cada um
- Projecções
- A auto-imagem
- As limitações
- Os nossos obstáculos
Tecnicas
- viagem interior e auto-descoberta com técnicas Hemy-sinc (Monroe Institute)
- Exercícios de coaching e inteligência emocional
-Linguagem corporal: Olhando-se através do seu corpo, auto-descoberta, auto-consciência
- Visualizações criativas
- Movimento Orgânico
- Meditação

Esta formação destina-se a :
Qualquer pessoa interessada em aprofundar a sua relação consigo mesma, integrando harmoniosamente corpo e espirito, de forma a curar e expandir a sua percepção de si mesma e deste modo a sua realidade

CONDIÇÕES:
DATAS: Fins de semana
Outubro: 29, 30 e 31 Retiro
Novembro: 19 e 20 Dezembro: 17 e 18 Janeiro: 21 e 22 Fevereiro: 18 e 19
Março: 17 e 18 Abril: 21 e 22 Maio: 19 e 20 Junho: 23 e 24

HORÁRIOS:
Encontros mensais:das 10h às 18h
Carga horária: 128 horas anuais + um retiro de 3 dias!

Retiro: chegada dia 29 pelas 11h30, partida dia 31 pelas 17h
Possibilidade de partilhar boleia, contacte-nos!

Valor:
Encontros mensais: 105 € (*Almoço vegetariano incluido em todos os sábados da formação)
Retiro: 235€ (estadia e alimentação completa incluida)
- Para as alunas das aulas regulares de Iris Lican a participação nesta formação permite uma redução de 20% do valor da mensalidade das mesmas nos meses de Outubro a Junho(inclusive)
Pagamento:
- A primeira sessão deve ser paga até ao dia 15 de Outubro.
- As restantes sessões devem ser pré-pagas em cheques pré-datados na primeira sessão.
As datas destes cheques podem ser estipuladas de acordo com a conveniência de cada uma.
- A não comparência não isenta o pagamento da sessão.
- Não deixe que a liquidez seja um impedimento, contacte-nos e faça um plano personalizado de pagamento 

Número máximo de participantes: 13 (de ambos os sexos)
INSCRIÇÃO PRÉVIA OBRIGATÓRIA
POR TELEFONE OU MAIL ATÉ DIA 15 DE OUTUBRO

LOCAL:
Retiro: Casa Raíz, aldeia de Avecasta, Ferreira do Zezere (solicite info detalhada por mail)
Encontros mensais: Lisboa e Sintra, local exacto a confirmar previamente antes de cada sessão


FORMADORAS: Íris e Raphaëlle

Raphaelle é coach formada e diplomada em Lisboa em coaching com inteligência emocional aplicada.
Tem igualmente formação pelo Instituto Peter Hess em massagens de som com gongos taças tibetanas terapêuticas. Dá concertos espirituais e é Doula . Exerce a sua prática em Portugal e França.
Ha 14 anos que utiliza a técnica e technologia Hemi-Synch do Monroe Institute como meio e de auto- descoberta.
Foi ensinada por diferentes comunidades índias do continente Americano. Tendo recebido a iniciação shamanica de Mulher Medicina na tradição Mapuche (índios do sul de Chile.)
Acredita que cada um de nós tem todos os recursos necessários dentro de si, e vê a auto-consciência como uma oportunidade de trasmutar as dificuldades em processos de auto-libertação, de auto-responsabilização, na vida de cada um de aceitação e de auto-cura.
Por isso foi buscando, explorando abordagens diversas e complementares. Todos os trabalhos que realiza têm o mesmo propósito : acompanhar cada pessoa na auto-descoberta, viajando dentro de si para (re)conhecer-se e sentir a Maravilha que está dentro de todos nós.
WWW.SOUL-PALACE.COM

Iris é bailarina, coreografa e professora há cerca de 13 anos.
Artista por chamamento interno inato, explora diversas linguagens na busca da expressão orgânica do seu Ser (dança contemporânea , teatro, literatura). Essencialmente foca a sua aprendizagem na Dança Oriental e suas tradições seculares: sobretudo dança clássica, tradicional e danças rituais extáticas do Médio Oriente e e também danças ciganas do mundo.
Para além da Dança, Iris tem uma formação eclética, porém profundamente complementar do seu trabalho de movimento: é Yoga Siromani, diplomada no Ashram Sivananda na Austria, é diplomada em massagem de som com gongos e taças tibetanas pelo instituto Peter Hess, tem formação em Thai Yoga Massage, em Coaching e inteligência emocional aplicada pela ECIT, e é Doula.
Estudando paralelamente praticas espirituais ancestrais como o Sufismo, advaita vedanta, paganismo, shamanismo (iniciada como Medicine Woman nas tradições Mapuche do Chile por Luzclara) e Tantra.
Para Iris, todas as técnicas que estudou formam um todo dinâmico, permitindo perspectivar de forma clara os corpos fisico, mental, emocional e espiritual na unindo-os pela expressão e auto-cura na vivência do presente.
Neste momento dedica-se à prática de Movimento Orgânico, técnica de movimento criada por si, com base no movimento ancestral Oriental e transe (ligando o tradicional ao contemporâneo), influências de Hatha Yoga, Tantra e inteligência emocional, perspectivando o movimento como um meio de auto-conhecimento e empoderamento pessoal profundo.
WWW.IRISLICAN.BLOGSPOT.COM

sexta-feira, abril 22, 2011

Rituais e ensinamentos coma Abuela Shaman Luzclara do Chile, Maio 20 a 22




Sente um chamamento para aprofundar a sua relação com a Terra?
Sente o desejo de ser um Guardião mais apto da Terra Mãe?
Tem em si a vontade de ligar-se à sua energia Feminina Divina
e partilhar os seus dons com o Mundo?


VENHA CELEBRAR COM LUZCLARA
SHAMAN E MULHER MEDICINA DO CHILE


RITUAIS E ENSINAMENTOS MAIO 21, 22 SINTRA
Aprofunde e fortaleça os poderes curativos em si e na Mãe Natureza

RECEBERÁ:
*Ensinamentos acerca da sabedoria e mistérios do Feminino Sagrado
*Rituais de Cura e iniciação no Feminino Sagrado para mulheres e homens
* Ensinamentos das Tradições da Terra Mapuche
* Cerimónia de Cura pelo som
* Machitun : cerimónia ritual de cura e transformação
* Temezcal da Deusa ( sweat lodge cerimonial )

AMOR, RISO, LÁGRIMAS, DANÇA, CERIMÓNIA E TRIBO


EM SINTRA:
Ensinamentos: 21 e 22 Maio Centro Tinkuy
Sábado 21 das 10h às 18h, domingo das 10h às 14h
Cerimónia de Cura pelo Som: 21 Maio Flores do Cabo
Sábado às 20h
Temezcal da Deusa: 22 Maio Cooperativa Ecológica dos 7 Nomes
Domingo às 14h
Sessões particulares de Cura: 19, 20, 23 Maio Lisboa e Sintra
Faça sua marcação por telefone, sessões de 60 minutos

Inscreva-se já! Vagas limitadas!

Info/Inscrições:
Raphaella 96 610 92 74 aiga.lusa@gmail.com
Iris 96 514 39 73 iris.aigalusa@gmail.com


Luzclara é oriunda dos Andes Chileno. É Mulher Medicina, Líder Cerimonial, Shaman e curandeira pelo som. Dedica a sua vida à cura de si mesma, da Mãe Terra e de todos os Seres. Nos últimos 25 anos trabalha para o despertar da consciência das energias do feminine divino no planeta, usando rituais e magia ancestrais.
Embora resida no Chile, praticou e estudou com Shamans de diversas tradições do Mundo, entre os quais: Machi Antonia Lincolaf, shaman do povo Mapuche do Chile, shamans Quero do Peru, e shamans Quichua shamans da selva Amazónica do Equador. Actualmente é co-directora da escola Shamanica feminina "Guardians of the Earth". As suas muitas viagens incluiem a India e o Tibete, onde aprofundou as técnicas de cura pelo som.
A AIGA tem o imenso prazer de receber pela segunda vez esta «Abuela» fenomenal.




Uma oportunidade a não perder para todas as mulheres e homens que desejam tocar
e desenvolver o lado feminino da sua espiritualidade e vive-lo de forma plena
e construtiva nas suas vidas, todos os dias.
www.dancecontinues.blogspot.com

DATAS E HORÁRIOS:
Ensinamentos: 21 e 22 Maio Centro Tinkuy
Sábado 21 das 10h às 18h, domingo das 10h às 14h
Cerimónia de Cura pelo Som: 21 Maio Flores do Cabo
Sábado às 20h
Temezcal da Deusa: 22 Maio Cooperativa Ecológica dos 7 Nomes
Domingo às 14h
Sessões particulares de Cura: Lisboa e Sintra, 20 e 23 Maio
Faça sua marcação por telefone, sessões de 60 minutos

VALOR:
Integral: 150€
(ensinamentos com refeição* + cerimónia de som + Temezcal da Deusa)
Ensinamentos*: 120€
Machitun: cerimónia ritual de cura e transformação: 20€
Temezcal da Deusa: 35€
Ensinamentos* + Machitun: 130€ Ensinamentos* + Temezcal: 140€
Machitun+ Temezcal: 45€
*com almoço vegetariano incluido

Locais:
Centro Tinkuy : Estrada do Rodízio, nª2 Almoçageme, Colares, Sintra
Flores do Cabo: Pé da Serra, Colares, Sintra
Cooperativa ecológica dos 7 Nomes: Av. do Atlântico nº107 b, Banzão, Colares, Sintra

Como chegar: de carro, ou de comboio até Sintra
Organizamos redes de transporte comum a partir do centro histórico de Sintra, contacte-nos

terça-feira, agosto 31, 2010

RETIRO CAMINHO DE ÊXTASE NO DESERTO DO SAHARA



Um retiro vivencial no Deserto do Sahara sobre o Transe : ritual e dança como cura, libertação e celebração Travessia de Marrocos : viagem na consciência de si
Iris e Raphaelle
6 a 15 de Abril 2012
«Deus criou o mar para que os homens pudessem alimentar-se e o deserto para que descobrissem a alma.» Proverbio Tuareg.
Para o viajante o caminho é o objectivo. Reconhecer cada parte do seu caminho como um potencial momento de êxtase é aquilo que enriquece cada viagem e a torna única.
Atrevessaremos o mágico, perfumado e colorido Marrocos. Da exuberante Medina de Marrakesh ao azul magico de Chefchaouen passando pelo místico Ait Benhaddou, onde o contraste entre o vale verdejante e o árido deserto nos deslumbram. Cruzando as magníficas montanhas do Atlas e mergulhando na indiscritível cor de cobre do Sahara onde as dunas infinitas se unem ao céu num gesto de Amor profundo e podemos ter a experiência plena do silêncio. A caminho, visitaremos famílias Berberes do Sahara e ouviremos a extatica música Gnawa.
Aceder à sensação de si, quer ela seja física ou emocional.
Ousar novos olhares sobre si, conectando-se consigo mesma além de todos os julgamentos e condicionamentos. Experimentar o transe como um instrumento de cura profunda e um meio de reencontrar o seu Divino.
As técnicas utilizadas serão: danças de transe Gnawa do Sahara, Zaar do Egipto, Giro de inspiração Sufi, rituais decura e libertação de origem Xamânica da América do Sul (sobretudo Mapuche, Chile) e Europa do Norte.
Nesta viagem a Agape, com quase 12 anos de experiência em expedições ao Deserto, cuidará de nós com absoluto cuidado para que toda a experiência seja inesquecível.

Programa:
Sexta dia 8: Saída de Lisboa, no final do dia, com destino a Algeciras
Sábado dia 9: passagem de ferry. Almoço em viagem e jantar em Marrakesh
Domingo dia 10: saída de marrakesh a meio da manhã, até Ait Benhaddou. Almoço picnic em viagem.
Segunda dia 11: Saída de Benhaddou até Merzouga (última aldeia na entrada do deserto)
Terça dia 12, Quarta dia 13, Quinta dia 14: Sahara
Sexta dia 15: Saída de Merzouga até Azrou, na Floresta dos Cedros
Sábado dia 16: saída até Chefchaouen.Almoço e tarde livre.
Domingo dia 17: Saída com destino a Portugal

CONDIÇÕES:
VALOR: 1200€
Inclui: viagem Lisboa/ Marrocos ida e volta (jipe e ferry)
todas as deslocações dentro de Marrocos previstas no programa
Todas as refeições em pensão completa dentro de Marrocos
Todas as estadias
Retiro temático com Iris e Raphaelle

Número máximo de participantes: 14
Possibilidade de estabelecer planos personalizados de pagamentos, contacte-nos!

INFO/INSCRIÇÕES: Cristina Coelho agape@grandeaventura.pt 919 393 113 / 965 740 326
www.grandeaventura.pt www.aiga-aiga.blogspot.com www.irislican.blogspot.com

Astrid Brinck regressa em Outubro para extraordinário Retiro!!!



Sim, a Maravilhosa Medicine Woman e Terapeuta Chilena Astrid Brinck regressa a Portugal para um extraordinário retiro em Outubro!
Detalhes a publicar muito em breve!

PELE DA ALMA: Dois Retiros Vivenciais com Iris e Helena Madeira

Cantos e Rituais de Mulheres
Retiros Vivenciais com Iris e Helena Madeira
Casa de Avecasta, Ferreira do Zêzere

Nestes retiros iremos reencontrar a pele essencial da alma.
Aquela que tantas vezes despimos, sem nos aperceber, e sem a qual lentamente definhamos.
Mergulharemos em nós, nas tantas mulheres que somos, encontrando a expressão verdadeira do corpo, da voz, da alma. Vamos explorar som e silêncio, movimento e quietude, feminino e masculino, solar e lunar indo profundamente ao encontro da nossa expressão individual única, sendo a nossa própria Obra de Arte.
Aceitando, integrando e celebrando tudo o que somos, reconhecendo o nosso potencial criativo inato, e utilizando todos os aspectos de nos e das nossas vidas como matéria prima daquilo que queremos recriar, transformar, ser e viver. Transformando condicionamentos em liberdade, espaços estéreis em verdejantes bosques da Alma.
Estes são retiros vivenciais, de experiência e partilha para Mulheres, as Mães, Irmãs, Amantes e Sabias desta
Terra Mãe da qual somos filhas.

A Conversadeira
19 a 21 de Novembro


A conversadeira é uma boneca de trapos feita de sementes. Era usada em muitas culturas nativas de tradição Shamanica e Pagã., como uma ponte entre a Mulher e a Lua Mãe. Á Conversadeira expressamos tudo aquilo que não queremos, podemos ou conseguimos transmitir a mais ninguém, e a Conversadeira ouve e liberta.
Trabalharemos o despojamento, o cair das folhas e o estado de Vazio Pleno. Construiremos a nossa Conversadeira pessoal, no fim do Outono, com sementes, folhas e especiarias de propriedades energéticas benéficas, como uma ajuda equilibrante para o longo periodo de isolamento e escuridão do frio Inverno.
Depois, Anima-la-emos, trazendo-lhe Anima, Alma, por meio de cantos, percussão, danças e rituais tradicionais de libertação, trasformação, cura e poder.

Material necessário:
Roupa simples e muito confortável
Roupa velha (que tenha usado muito) para cortar e desmanchar, Linhas, agulha, tesoura e dedal
Lãs coloridas e botões
Sementes e feijões
Adufe, Frame Drum ou tabor Shamanico


Beltane: Celebrar o bater do Coração
construção de adufes, cantos tradicionais e rituais de mulheres
29 de Abril a 1 Maio


Em Maio celebra-se o festival da Fertilidade Beltane.
Beltane era celebrado com grandes fogueiras, evocando a força Solar, a força criativa do Sol, que faz despontar as sementes da Terra, transformar as flores em fruto, a força da Sexualidade que transforma o corpo e o espirito pelo Amor, estimulando a criatividade em todos os aspectos da vida, a força da Luz iluminando a consciência trazendo plenitude, clareza de espirito, abundância e paz.
A criatividade é a força motriz do Ser, podemos criar-nos e recriar-nos continuamente, tendo por matéria base o que somos e vivemos, e assim, podemos recriar também tudo o que são as nossas vidas.
Entrando em paz com o corpo e com o desejar,
Beltane evoca a nossa ligação à Terra, ao primeiro e segundo chackra, relembrando-nos a importância de estarmos plenamente enraizadas para que a expansão possa acontecer: integrando as nossas facetas masculina e feminina, recuperando o sagrado da nossa sexualidade, como uma vital força motriz da nossa harmonia e criatividade interior e exterior.
Com as suas solares fogueiras, Beltane recorda a importância da vivência da paixão para que a alquimia interior possa acontecer, e para que possamos, contemplando e agindo, transformar a emoção em sentimento.
Construiremos o nosso Adufe, redescobrindo a percussão e a voz como cura e transformação interior. Por meio da intenção e do uso de ervas selvagens do Zêzere de propriedades benéficas purificaremos e consagraremos o nosso instrumento e expressaremos o coração.

Cores para vestir: vermelho, laranja, amarelo, ocre, tons solares
Trazer: saias ou vestidos
Vários panos, echarpes ou pareos
sementes diversas
velas e fitas de cetim de cores solares

As Práticas:
Acreditando que somos um todo, neste retiro passaremos por diversas técnicas que nos permitem contactar e conectar o corpo, mente e espirito, da sensação à emoção, da emoção à expressão, da expressão à criação.
Trabalharemos os chackras, centros energéticos, por meio de práticas de respiração e meditação, Yoga (pranayama) e exercícios inspirados em rebirthing, meditação activa (giro de inspiração Sufi, exercícios de movimento e confiança, despertar da sensação intuitiva), bem como visualizações criativas e diversos exercícios vivenciais de transformação de padrões de pensamento, para descondicionar aquilo que em nós nos torna menos do que de facto somos.
Recuperaremos a Voz do Corpo: trabalhando consciência corporal, meditação, respiração na voz. A Voz do Corpo destina-se à escuta do corpo e, através dele, à expressão vocal livre e natural, e não à aprendizagem de canto.
Dançaremos, recorrendo a movimento espontâneo, exercicios de dança Oriental, Afro e contemporânea, para regressar à consciência de si através da sensação.
Celebraremos simples rituais de origem pagã e xamânica: semear, formular intenções, trabalhar com os 5 elementos, partilhar em circulo de cura.

A alimentação é vegetariana, utilizando os produtos que a Terra nos oferece nesta época, confeccionados com Amor e com a perpectiva de que os alimentos do corpo energizam a Alma. Integrando cada aspecto do que somos, e do que vivemos, aceitando-nos como parte do corpo pleno que é a Terra e o Universo.

SOBRE AS ORIENTADORAS:
www.irislican.blogspot.com www.myspace.com/helenasofiamadeira

Material necessário:
Para além do mencionado para cada retiro:
Roupa muito confortável Meias quentinhas Mantinha quente

Condições:
Programa:
Chegada: sexta ao fim do dia, 20h00 (para jantar) Partida: domingo, a partir das 16h00
Valor:
1 retiro: associadas Aiga: 120€ Outras participantes: 150€
2 retiros: associadas Aiga: 210€ Outras participantes: 250€
alimentação vegetariana completa incluída

Estadia (por retiro): 25€ (inclui roupa de cama, toalhas e lençois)
Grupos de 5 pessoas: 10% de desconto
Possibilidade de parcelar o pagamento em fracções a definir, contacte-nos!
Reserva obrigatória até dia 10 de Novembro para A Conversadeira e até 15 de Abril para Beltane. Inscrição mediante sinalização obrigatória de 50€ (não reembolsável em caso de desistência), dedutíveis do valor total do retiro.
Vagas limitadas!

Local:
A lindissima Casa de Avecasta, Ferreira do Zêzere (solicite-nos por mail o mapa para chegar, Consulte-nos acerca da possibilidade de partilhar transporte)

Alquimia do Ser Ecologia de Si : auto-conhecimento, cura e expressão



Formação anual
Terapia, movimento e desenvolvimento pessoal
Iris e Raphaella
Outubro 2010 a Julho 2011

Este é um trabalho que recorda o Ser como naturalmente ecológico e alquímico. Tendo as inatas capacidades de respeitar-se, reequilibrar-se, regenerar-se e transformar-se, quer seja fisica, ou psico-emocionalmente.
Como vivemos num tempo e num meio social onde muitas vezes estas qualidades são desvalorizadas e desacreditadas, o nosso objectivo é, recuperando técnicas ancestrais e contemporâneas de auto-conhecimento, cura e expressão, veicular a reconexão, relembrar e retomar consciência destes aspectos de nós e de como integra-los Harmoniosamente no Ser que somos, e assim em todos os aspectos das nossas vidas.

O nosso objectivo é integrar formas de sabedoria de modo a que possam ser utilizadas para auxiliar cada indivíduo, e não criar uma nova técnica a partir de fusões. Pretendemos que cada pessoa possa apropriar-se das ferramentas que lhe fazem sentido para seguir o seu caminho de cura e de expressão pessoal, de forma a poder partilha-lo de acordo com a sua experiência e sensibilidade únicas, sem para isso contruir uma técnica ou uma filosofia.

Sobretudo acreditamos que cada um de nós pode curar-se a si mesmo, reconectar-se com a sua essência e manifesta-la, sendo o Artista e o Mensageiro da sua própria vida, criando e recriando a sua realidade, integrando em si o todo, e integrando-se no Todo, além de qualquer condicionamento ou dualidade.

O corpo integral :
- Cozinha Vegetariana Vegan Criativa : nutrindo corpo e espírito
- Mandalas alimentares : unir intuição, intenção e nutrição no acto de alimentar-se e proporcionar alimento aos outros
- A reciprocidade: Nutrir, Ser nutrida; O que é o para mim o meu corpo e o Corpo da Terra que proporciona alimento

Ayurvedic body work :
-realinhamento postural, Asanas de Hatha Yoga (posturas de estiramento, força, e permanência)
- Pranayamas (respiração consciente)
- Os Doshas (tipos de corpo) : vatta, pitta, kapha e suas combinações
- Os Três Gunas ( três energias) e suas manifestações: rajas, tamas e satvia
- Os corpos físicos e subtis
- Dhyanna : meditação e mantras

Dança, movimento e toque :
- Técnica Oriental de movimento : Dança Oriental e danças de Transe do Médio Oriente e Norte de África ; abordagem artística e terapêutica
- Movimento livre e orgânico
- O corpo como elemento orgânico : integrado em si mesmo, nos 5 elementos e na natureza, ecologia interior
- As fases hormonais da Mulher : menstruação, maternidade e menopausa
Suas vivências físicas, emocionais e simbólicas
- o toque : massagem e consciência de como tocamos e somos tocadas
-A vibração : taças tibetanas e voz

Ritual e mitologia arquetipica:
- integração dos arquétipos mitológicos na nossa vivência : integrar e desenvolver qualidades, compreender fases e transformar
- os ritos iniciáticos e suas manifestações nas nossas vidas
- O Sacro Ofício : o valor construtivo da dor
- a roda pagã do ano
- Rituais Shamânicos : o seu valor na auto-cura

Auto-consciência :
- Desenvolvimento pessoal : viagem interior e auto-descoberta com técnicas Hemy-sinc (Monroe Institute)
- Exercícios de coaching
-Linguagem corporal: Olhando-se através do seu corpo, auto-descoberta, auto-consciência
- Visualizações criativas
- Meditação

Esta formação destina-se a :
- terapeutas que desejem incluir movimento e/ou uma abordagem integral e holistica do corpo no se trabalho
- bailarinos e/ouprofessores de dança, de qualquer área de movimento, que desejem enriquecer o seu trabalho com uma perspectiva terapeutica, holistica e energética do corpo e seues aspectos psico-somaticos
- qualquer pessoa interessada em aprofundar a sua relação consigo mesma, integrando harmoniosamente corpo e espirito, de forma a curar e expandir a sua percepção de si mesma e deste modo a sua realidade

CONDIÇÕES:
DATAS: Sábados 23 Outubro, 13 Novembro, 11 Dezembro, 22 Janeiro, 19 Fevereiro,
19 Março, 23 Abril , 14 Maio, 11 Junho, 14 Julho
HORÁRIOS: das 10h às 19h
Carga horária: 80 horas anuais

VALOR:
Alunas AIGA: 850€ anuais
Outras alunas: 950€ anuais
Possibilidade de estabelecer planos personalizados de pagamento, contacte-nos!
Este valor inclui o almoço, vegetariano e biológico, em todos os dias da formação.

Número máximo de participantes: 13
LOCAL: Lisboa, a confirmar

Certificação:
- as formações são certificadas pela AIGA Lusa (Portugal) e AIGA d Occitannie (França) Association International de Germinacion Artistique

FORMADORAS:
Íris e Raphaëlla
Fundadoras da associação AIGA d’Occitanie (França), e da AIGA Lusa, Atelier Internacional de Germinação Artística; Íris e Raphaella dedicam o seu trabalho aos diferentes aspectos do feminino (Mulher Sagrada, Mulher Selvagem, Mulher Guerreira, Mãe que nutre, Mãe Guerreira, Mulher Anciã, Mulher Sábia e Maga) e da Mulher (adolescente, mulher gestante, Mãe, menopausa), à sua consciencialização, integração e aceitação, com vista ao bem-estar integral da Mulher.
Juntas, Iris e Raphaella propõem práticas de grupo sobre o Caminho do Sagrado Feminino, a libertação e encontro do Feminino de cada Mulher e Homem

AIGA tem por objectivo a pesquisa e recolha de elementos das tradições de culturas ancestrais do mundo inteiro. O nosso foco é trazer à Mulher contemporânea todos os elementos que possam enriquecer de forma positiva o nosso quotidiano. Assim, partilhamos a partir de aulas, encontros, workshops, retiros, espectáculos e terapias alternativas tradicionais esta sabedoria secular, integrando-a na nossa vivência presente.
Iris e Raphaella viajam frequentemente com o objectivo de aprofundar o seu conhecimento e experiência do feminino, deslocando-se a vários pontos do mundo ao encontro da universalidade e particularidade do que é ser mulher e dos costumes associados à saude e equilibrio psico-emocional da Mulher em diferentes culturas, expandindo assim a vivência do feminino.

Raphaella é coach formada e diplomada em Lisboa.
Criou a técnica ‘As Conversas do Corpo’, um trabalho de desenvolvimento pessoal que assenta numa técnica evolutiva de auto-descoberta , ligando ferramentas diversas: o coaching, o corpo, terapias sonoras, a voz, as taças tibetanas e a tecnologia Hemi Sync do Monroe Institute (que pratica há 12 anos).
Aqui, não se apresenta como terapeuta mas apenas como facilitadora, trabalhando em parceria com cada pessoa no caminho da auto-consciência.
Formada também pelo instituto Peter Hess onde foi diplomada, pratica massagens de som com gongos taças tibetanas terapêuticas em Lisboa e Paris. Dá concertos espirituais em Paris e é Doula em França e Portugal.
Foi ensinada por diferentes comunidades índias do continente Americano. Tendo recebido a iniciação shamanica de Mulher Medicina na tradição Mapuche (índios do sul de Chile.)
Acredita que cada um de nós tem todos os recursos necessários dentro de si, e vê a auto-consciência como uma oportunidade de trasmutar as dificuldades em processos de auto-libertação, de auto-responsabilização na vida de cada um e de auto-cura.
Por isso foi buscando, explorando abordagens diversas e complementares. Todos os trabalhos que realiza têm o mesmo propósito : acompanhar cada pessoa na auto-descoberta, viajando dentro de si para (re)conhecer-se e sentir a Maravilha que está dentro de todos nós.

Iris é bailarina, coreografa e medicine woman (iniciada por Luz Clara nas tradições shamânicas Mapuche do Chile), Tendo explorado diversas linguagens na busca da expressão orgânica do seu Ser (dança contemporânea e moderna, Bharata Natyam, teatro, literatura). Essencialmente foca a sua aprendizagem na Dança Oriental e suas tradições seculares: Dança Clássica Egípcia, Danças tradicionais folclóricas e rituais do Médio Oriente e Hatha Yoga, passando também por danças ciganas do mundo, Flamenco, Meditações estáticas e dinâmicas.
Torna-se Yoga Siromani, estudando no Ashram Sivananda na Austria, é diplomada em massagem de som pelo instituto Peter Hess, estuda Thai Yoga Massage e é Doula. Estudando paralelamente praticas espirituais ancestrais como o Sufismo, filosofia védica, budismo e sobretudo paganismo e shamanismo, Sempre buscando a Mulher no seu aspecto mais simples e quotidiano, e ao mesmo tempo mais sagrado. Abordando corpo-mente e espirito de forma holistica e integrando-os como um todo, para que a força intrinseca de cada uma de nós possa manifestar-se em movimento, e sobretudo criar a dança permanente que é a nossa vida a cada instante. www.irislican.blogspot.com

domingo, julho 12, 2009

A AIGA é agora uma associação



Saudações Estivais!

A AIGA é agora uma associação ! Somos a AIGA Lusa: Associação Internacional de Germinação Artistica Lusa.

Como tornar-se membro da AIGA:
Pode tornar-se sócio da AIGA contactando-nos, e mediante o pagamento de uma quotização de 15€ anuais.

Teremos muita alegria em que se junte a nós!

Contacte-nos para informações, associar-se ou receber a newsletter mensal:
aiga.lusa@gmail.com
Raphaella : 96 610 92 74

Retiros de Cura e Transformação Com Astrid Brinck (Chile)



Astrid Brinck
Orientadora Espiritual, Terapeuta, Life coach. Vinda do Chile para duas experiências vivênciais unicas e alquimicas!

5 e 6 de Setembro
O caminho do sagrado Feminino: um convite para homens e mulheres integrarem a dualidade, explorando a plenitude de Ser!

12 e 13 de Setembro
O bater sagrado do Coração: construção de tambores shamânicos de cura, para mulheres


RESERVA DE INSCRIÇÃO OBRIGATÓRIA ATÉ 15 DE AGOSTO, CONTACTE-NOS!:)


O caminho do sagrado Feminino: 5 e 6 de Setembro

Um convite para homens e mulheres explorarem e experimentarem a plenitude de ser humano!
Dentro de cada homem e de cada mulher...
... há um desejo profundo de êxtase e despertar. No mundo de hoje esquece-mos a essência de sermos alegres, plenos, desfrutando da sabedoria do nosso lado feminino sagrado. Todos nos, homens e mulheres, temos ambas as facetas feminina e masculina, plenas de qualidades e tesouros a descobrir. Despertar qualquer uma destas facetas de forma consciente nutre a outra. Porque na verdade, são apenas uma, da mesma forma como nos somos apenas Um.
O aspecto feminino interior tem inúmeros tesouros; primeiramente e sobretudo a sabedoria que nos conecta à nossa linhagem feminina, a compreensão dos nossos ciclos emocionais, uma compreensão mais profunda da nossa sexualidade sagrada, o desenvolver de relações pessoais radiantes, a expansão da abundância, o salto interior de “eu sou” para “nos somos”, e o abraço incondicional de tudo: o dia e a noite, luz e escuridão, homem e mulher, para além de julgamento. Este retiro é uma experiência directa que nos permite florescer e expandir, abrindo o coração em êxtase e Amor!

Sweat Lodge da Deusa:
O retiro inclui também a experiência directa de entrar no útero da Mãe Terra através do Temazcal. Esta cerimonia une cada elemento como ma chave múltipla ara abrir os nossos corações, mentes, corpos e almas de forma a despertar a nossa memoria ancestral.


O bater sagrado do Coração: 12 e 13 de Setembro

Uma viagem para descobrir os ritmos da Terra através da construção do teu próprio tambor cerimonial

Ser testemunha do processo de criação e nascimento do nosso instrumento pelas nossas próprias mãos abre as portas da nossa memoria. Desde o inicio, o tambor fala-nos, sussurra-nos,canta-nos levando-nos a casa, à memoria da Unidade. Assim nasce um aliado, uma aliança no caminho que nos conduz à fonte da nossa propria cura, e à inspiração dos outros através do som sagrado.
Viajaremos com a sua forma, com o seu som, e partilharemos danças sagradas para repousar no sagrado ventre. Elevaremos a voz abrindo portas à memoria sagrada. Entraremos no coração da Terra através da cerimonia do Temezcal e do tabaco sagrado. Unindo a tudo, tecendo as fases do nascimento do nosso tambor pessoal unico, vivo e sagrado.
Uma vez manifestado, o tambor cante e nos apenas escutamos. Ele anuncia-nos a Vida, as idas e vindas da nossa própria dança sobre a Terra. www.latidosagrado.blogspot.com

O valor deste retiro não inclui os materiais de construção de um tambor por pessoa. Cada participante levara consigo o tambor por si construido, cujo valor de materiais é de 100€ (pele, couros e madeiras).

Guiado por Astrid Brinck: orientadora espiritual, terapeuta de respiração, nutrição e som, life coach, mestra de reiki, autora e musica espiritual. Astrid guia diversos retiros de despertar de consciência, orientando seminários e conferencias por todo o mundo. Todos os anos Astrid viaja pelo mundo durante o Verão, residindo durante o Inverno nos Andes, as montanhas sagradas do Chile.
www.astridbrinck.blogspot.com

Valor:
-Um retiro: 190€
- Dois retiros: 330€
Deliciosa alimentação vegetariana completa incluida
- 10% de desconto para membros da AIGA e grupos de 5 pessoas

-Possibilidade de fraccionar o pagamento em varias vezes! Contacte-nos!
-Inscrição pévia obrigatoria por telefone ou mail até dia 20 de Agosto, validada mediante o deposito não reembolsavel de 50€.

Estadia:
Tenda: 10€
Colchão em camarata: 20€
Preços para duas noites, se quiser ficar mais tempo por favor contacte-nos!

Onde?
- Quinta dos Milagres, Lagos , Algarve
Uma deslumbrante quinta em plena natureza!

Contacte-nos para receber informações detalhadas de como chegar.

Info/ Inscrições:
Raphaella : 96 610 92 74
aiga.lusa@gmail.com

domingo, maio 31, 2009

INSPIRAR, CURAR, NUTRIR Calendario AiGA e Casa Semente 2009/2010



ESPECTÁCULOS:
No café-teatro da Malaposta !
Yoni: dançando a Plenitude
sobre a viagem que é a gravidez
Dia 19 e 20 de Setembro
19 às 21h30, 20 às 16h00 10€
De e com: Íris
Imagens:Raphaelle

Informe-se!
Desça o cursor e leia o restante blog e respectivas publicações para informações detalhadas!


CASA SEMENTE, LISBOA, 2009/2010:
AULAS REGULARES:
- ÍRIS lecciona:

Segundas e Quartas:
13h às 14h: Dança Oriental iniciação/intermédia
17h às 18h: Hatha Yoga com taças Tibetanas
18h às 19h: Fusão Cigana nivel II (Flamenco-Oriental)
19h às 20h: Dança Oriental Avançada
20h às 21h: Dança Oriental Intermédio
21h às 22h: Dança Oriental Avançada

Terças e Quintas:
18h às 19h: Dança Oriental Iniciação
19h às 20h: Dança Oriental Intermédia
20h às 21h: Dança Oriental Avançada
21h às 22h: Fusão Cigana nivel I

Aulas Particulares e a pequenos grupos sob marcação
Experimente uma aula livre! :)


Peter Littlejohn Cook lecciona:
Todas as terças e quintas, aulas e sessões de meditação
tertúlias e projecção de filmes/documentários sobre os seguintes temas
cultura da liberdade; autoconhecimento radical; saúde; educação; sociedade e politica; historia, filosofia e pratica de yoga; ensinamentos espirituais, desenvolvimento pessoal e não-dualismo (Advaita)
Ensinamentos de libertaçao

Possibilidade de marcação de consultas e aulas individuais.

Chetna lecciona:
Movimento Chi: terças 9h30 às 11h

Maya lecciona:
Yoga-Flamenco: terças e quintas 13h00 às 14h30

Nuno Sousa lecciona:

Chi Kung para a 3 idade: segundas e quartas 9h30 às 10h30

ATELIERS:
Escrita CRIATIVA PARA Crianças
Ateliers com Ana Leonor Tenreiro
Dia 26 de Setembro (sábado)
- Das 11h às 12h30 (dos 10 aos 12 anos)
- Das 15h30 às 17h00 (dos 6 aos 9 anos)
valor: 10€


FORMAçÃO INTENSIVA ANUAL:

Corpo:Expressão e Fusão com Helena Madeira
Módulo I: O Corpo da Voz
Domingos 2009, 4 de Outubro, 1 Novembro, 6 de Dezembro
15h/18h
Módulo II: Fusão Oriental e Contemporânea
Domingos 2010: 7 Fevereiro, 7 de Março, 4 de Abril
15h/18h
Módulo III: Fusão Afro Contemporânea
Domingos 2010: 2 Maio, 6 Junho, 4 Julho
15h/18h

Viagens de Som
Peter Littlejohn Cook & Helena Madeira

18h30/20h
Datas:
Domingos 2009: 4 Outubro,1 Novembro,6 de Dezembro
Domingos 2010: 7 Fevereiro, 7 de Março
2 Maio, 6 Junho, 4 Julho


CONSULTE: www.casa-semente.blogspot.com



DANÇA ORIENTAL COM IRIS em Sintra:

- Academia Danceart Dança Oriental nível Intermédio 19h00 às 20h30

CONTACTE-NOS!
aiga.lusa@gmail.com
Raphaella : 96 610 92 74
Iris: 96 514 39 73 iris.aiga@sapo.pt

A TENDA VERMELHA: Dançando o feminino Nómada



Espectaculo de Iris
Dia 3 de Julho, 21h30
Centro Cultural da Malaposta
Espectáculo de Dança Oriental, Danças de expressão Cigana e danças do Mundo


Este espectáculo é um convite a entrar na Tenda e seguir viagem.
A Tenda Vermelha é uma homenagem ao espírito nómada das sábias viajantes: das Tuaregs, Berberes, Beduinas e tribos nomadas dos desertos do Medio Oriente, dos povos ciganos que espalharam tradições musicais e de dança por toda a parte. Uma homenagem a todos aqueles que vivem sob um telhado ligeiro, que cantam, que contam, que dançam, que sonham e, no seu silêncio e invisibilidade, nos permitem beber deles tanta inspiração. É uma homenagem à seiva das árvores, ao sangue dos animais, ao fluxo das águas e dos ventos, à Liberdade impetuosa que nos invade! Às bailarinas curandeiras que os séculos esqueceram na passagem mas que iluminam o espírito ancestral dos nossos corpos. Às parteiras que deram, dão e darão as suas mãos num auxílio á maternidade. À sempre cambiante experiência de ser Mulher, de ter o ritmo da Lua e das marés no sangue. Unindo todos os tempos e culturas num rito feminino, cíclico e fértil como as estações, celebrando o nosso elo indelével com todas as coisas, uma dança com a vida, a morte, a regeneração e a constante e mistica recriação de cada instante!

Direcção artística, coreografia, guarda-roupa: Iris
Espectáculo com : Catarina Parrot, Cláudia Sequeira, Cristina Coelho e Vera Mateus
Cenografia: Teresa Freitas
Produção: AIGA Associação Internacional de Germinação Artistica

A Tenda Vermelha era o espaço onde as mulheres pré-árabes viviam os seus ciclos femininos. Esta tenda era exclusivamente feminina, sendo o local para o qual as mulheres se retiravam do mundo exterior nos momentos de menarca (quando a Lua lhes estava no sangue), aqui davam à luz os seus filhos, aqui passavam pela menopausa. Na tenda Vermelha eram preparados os remédios para a tribo, aqui cuidavam umas das outras, partilhando cuidados essenciais e de beleza, histórias e experiências. Aqui discutiam acerca da educação dos filhos, vivendo em conjunto rituais, alegrias, mágoas e preces. Aqui cresciam, transformando-se, envelhecendo, experimentando o sagrado feminino. Eventualmente, a tenda vermelha deu lugar ao Hamam, onde as mulheres do Médio Oriente, de todas as idades e condições sociais, ainda partilham as suas vidas e intimidade. A Tenda Vermelha remete, assim, para a vivência tribal do feminino, e também para o nomadismo, as tribos viajantes do Sahara, os povos ciganos em constante migração, transformando a tenda em caravana. Evocando de igual modo as tradições de origem nómada, tornadas sedentárias, e estabelecendo pontes entre tradições: o Fado Lusitano e os cantos tradicionais do Magreb, por exemplo.
Viajando e recriando o feminino nómada, inspirando-nos nas culturas do Médio Oriente, em toda a sua diversidade (Norte de África, Marrocos, Egipto, Turquia), e das expressões que os povos ciganos trouxeram até à Europa (Balcãs, Espanha, Europa de Leste). Do folclore secular, às danças tribais berberes, dos camponeses do Egipto, ao giro Sufi da Turquia, das místicas danças de Espada, aos véus, e dos véus aos xailes ciganos, às flores exultantes dos Balcãs, e ao Flamenco – Árabe, da Dança clássica Oriental, a fusões criativas de expressão contemporânea.

Bilhetes:
Tenda Vermelha: 10€

Informações/ reservas:
Teatro da Malaposta, bilheteira
21 938 31 00
info@malaposta.pt aiga.lusa@gmail.com
www.malaposta.pt


Onde?

- Centro Cultural da Malaposta Rua Angola 2620-492 Olival Basto
- Metro Sr Roubado, Linha Amarela

Produção: AiGA
Apoios:
- Casa Semente www.casa-semente.blogspot.com
- Dancing Zion
- Agape www.grandeaventura.pt

Foto: Rita Magalhães

Saudação ao Sol Celebrando o Solsticio de Verão: o apogeu do Sol no Teatro da Malaposta



Apresentações dias 4 e 5 de Julho no Centro Cultural da Malaposta

ÍRIS E ALUNAS
Participações especiais: Baltazar Molina (percussão), Helena Madeira e alunas


Nesta fase do ano era celebrado o Solstício de Verão, segundo os ritos pagãos das mitologias tribais ancestrais. Este Solstício representa, simultâneamente, o apogeu da força Solar (com o dia mais longo do ciclo anual), e também o inicio da fase nocturna do ano. Representa a plenitude da Luz, à qual se segue um natural despojamento, o recolhimento na sombra para que de novo seja possível brilhar com Luz renovada, no Solstício de Inverno
Esta celebração é dedicada a Isis e Nephtys, as Deusas gémeas do antigo Egipto que representam a Luz e a escuridão, o lado Solar e o lado Lunar, respectivamente, simbolizando a harmonização e o valor profundo de ambas as facetas em cada um de nos.
Sessenta mulheres únicas partilham em palco a sua experiência de vida sob a forma de dança. Transformado em Arte a expressão plena e individual de si, partilhando, partilhando-se. Uma criação que resulta de um semestre de trabalho intensivo, encontrando nas danças tradicionais e rituais do médio Oriente e danças de inspiração cigana um ponto de partida para criar, recriando-se. Redescobrindo a sua expressão pessoal, transformando emoção e vivência em movimento.
Esta celebração não é um espectáculo, é uma experiência, abramos então nossos seres para que a dança celebre a nossa Luz! Para que a nossa noite e o nosso dia celebrem, dançando! E que esta Luz sob a simples forma de Amor, compaixão e verdade possa irradiar de nós como o Sol da aurora a cada manhã!
«A nossa vida deve chegar aos outros. O nosso bem, a nossa bênção, o nosso êxtase não devem ficar contidos dentro de nós como uma semente. Devem abrir como uma flor e espalhar a sua fragrância a todos, e desfrutar ao Sol - não apenas para com os amigos, mas também para com os estranhos. Isto é a verdadeira compaixão, este é o verdadeiro Amor: partilhar a nossa Luz, partilhar a nossa dança interior.» OSHO

Iris: direcção artistica
Produção: AIGA Lusa Associação Internacional de Germinação Artistica Lusa


Bilhetes:

Saudação ao Sol: 5€

Sessões:
4 de Julho, sabado 16h00 e 21h30
5 de Julho, domingo 16h00

Informações/ reservas:
Teatro da Malaposta, bilheteira
21 938 31 00
info@malaposta.pt aiga.lusa@gmail.com
www.malaposta.pt

Onde?
- Centro Cultural da Malaposta Rua Angola 2620-492 Olival Basto
- Metro Sr Roubado, Linha Amarela
Produção: AiGA

Apoios:
- Casa Semente www.casa-semente.blogspot.com
- Dancing Zion www.dancingzion.blogspot.com
- Agape www.grandeaventura.pt
- Dance’art www.danceart.pt
- Centro de Dança de Oeiras www.cdo.com.pt

Canto de Al Mah Dançando a Lua Retiro na Natureza, Sevilha, Espanha



11 a 14 de Junho
Flamenco, Rosário Peinado
Voz e Dança Oriental, Helena Madeira


Programa:
chegada: 5ªfeira ao fim do dia, 20h00 (para jantar)
Partida: domingo,por volta das 16h00
Preço: Retiro (con alimentação completa): 210€
Estadia: Tenda - 20€ Cama no chão - 28€ Cama normal - 40€
Grupos de 5 pessoas: 10% de desconto
Reserva obrigatória até 1 de junho,
Após esta data há um acréscimo de 10%.
Vagas limitadas!

Local: Sevilha
calle camino de las huertas. Gelves (Sevilha), a 7 Km. de Sevilha
Contacte-nos para obter o mapa com a localização exacta

Informações/ Inscrições:
Espanha: Rosário: 630 820 504 954 561 529 rosariopeinado@hotmail.com
Portugal: Helena Madeira: 00351 934012829 Helenamadeira100@gmail.com
www.myspace.com/helenasofiamadeira

Al Mah é uma antiga deusa da Lua da pré-Lusitânia e Ibéria, de origem Árabe. O seu significa Fonte, e está na origem da palavra Alma, assim como a Lua está na origem da essência feminina. Partindo da Lua, das suas quatro fases e do simbolismo arquétipo destas fases na vida da mulher, exploraremos os cantos e recantos da Alma feminina. Descobriremos a respiração, o corpo, a pele, a voz, a memória e a criatividade. Reencontrando o sagrado feminino dentro de nós, evocando cantos e contos, celebrando a Liberdade, a emoção, buscando dentro de nós as raízes da Lua e transformando em dança e espaço e luz a nossa vivência.
Cada dia trabalharemos uma fase da Lua, explorando três técnicas específicas: Flamenco, Dança Oriental, O meu corpo é Voz, entrecruzando meditação, expressão criativa e improvisação nesta viagem, bem como a fusão destas três formas de expressão artística.


Flamenco

Por um lado, é um trabalho onde se combinam os elementos que remetem para o mais interior e genuíno do ser humano e por outro, que conduz ao despertar e aperfeiçoamento das suas capacidades mais intrínsecas.
O resultado é um movimento puro e sensual, completo, surpreendente e inovador.
Fogo, terra, ar, água, dancem nun círculo eterno de palavras, frases, sentimentos e emoções.

Dança Oriental
Este workshop propõe a exploração do potencial expressivo do Corpo através das técnicas de Dança Oriental, da Emoção e da Sensação.
Partiremos de exercícios básicos de postura, respiração, consciência corporal e flexibilidade. Será dada a técnica básica da Dança que nos permita sentir cada parte do corpo e coordenar com o todo.
Através da Dança ser-nos-à dado a conhecer a história de vários povos e de diferentes culturas.
Daremos ênfase e expressão a cada parte do corpo através de movimentos suaves e ondulatórios, tão característicos à Dança Oriental. Uma abordagem diferente à feminilidade.
Progressivamente chegaremos ao todo espiritual, à noção de “eixo” e equilibrio.
O chão enquanto Raíz. A establidade e a plena relação da Música com o Corpo.
Por ser de nível Iniciado, este workshop não requer conhecimentos prévios de Dança.

Voz
Encontro entre a consciência corporal, a meditação, a respiração e a voz. O conhecimento da Voz como um instrumento orgânico integrando apesquisa da anatomia e do funcionamento do corpo, através de exercícios que permitam consciencializar, mas sobretudo sentir este instrumento.A Voz do Corpo destina-se a quem queira escutar o corpo e quem, através dele, se queira exprimir e não a quem queira aprender a cantar. A expressão vocal livre, sensorial nasce naturalmente de um processo centrado na respiração e no respeito do corpo.

Consulte também:
www.myspace.com/helenasofiamadeira
http://www.lunaflamenca.es/

** Encontro com o Ser Feminino Sagrado ** Retiro shamânico, com a Medicine Woman da tradição Mapuche Luzclara, oriunda dos Andes do Chile.



O ENCONTRO COM O NOSSO SER SAGRADO
COM LUZCLARA
Retiro shamanico,
Na quinta dos milagres
22, 23, 24 de MAIO


Vamos reunir-nos para honrar a nossa feminilidade sagrada, num retiro de um fim de semana que nos levara às profundezas do mistério feminino.
Utilizando técnicas de cura e crescimento interior ancestrais, percorrendo as quatro etapas da mulher (menina, jovem, mãe e menopausa).
Serão trabalhados os ritos de passagem e o trabalho espiritual com a menstruação e menopausa.

Iremos também encontrar-nos com o nosso poder feminino e organizar a mente para criar a realidade em que vivemos.
Faremos ritos da tradição indígena Mapuche (Andes chilenos) como o “Machitun”, o circulo de cura da “Machi” (Shaman Mapuche), temezcalli (banhos de vapor), caminhada de poder, cerimonias de limpeza com o fogo.
Através de viagens, cerimonias, tambores, danças, movimento e partilha, curaremos nossos corpos e almas, transportando-nos a um novo nível de cura e visão colectiva.

Temos o imenso privilégio de ter Luzclara como guia neste retiro.

Luzclara é uma medicine woman do Chile, avo, líder espiritual, bailarina ritual e curandeira shamanica. Dedica a sua vida há mais de 25 anos ao despertar das energias femininas sagradas do planeta usando antigos métodos de ritual e magia. Foi iniciada em varias tradições indígenas e na tradição Shamanica Mapuche do Sul do Chile, onde as mulheres são as Shamans.

Viaja constantemente, levando as tradições sagradas a diversas partes do mundo.
Desenvolveu uma profunda compreensão da luta da mulher contemporânea urbana, e é com a sua sabedoria, alegria e poder que cria uma ponte para que todas as mulheres se conectem com a Terra Mãe e com os povos que a honram.

Um extraordinário retiro de poder pessoal e colectivo, onde pela criaremos rituais de grupo “Machitun”, a cura das “Machis”. O circulo que nos conecta com a nossa purificadora Mãe Terra e com o Grande Espírito, inspirando-nos no transe pessoal e colectivo, ao som de tambores sagrados, cânticos e danças rituais.

SOBRE LUZCLARA
Consulte :

http://www.luzclara.com

Material necessário :
Roupa simples e confortável, meias quentinhas.
Saco-cama, mantinhas, toalha.
Toalha ou pareo (fato de banho se quiserem) para o tamascal (banho de vapor), uma roupa para cerimonia (saia, um top e se quiserem objetos especiais ), e mais aquilo, penas, pintura, matérias da natureza para fazer decorações rituais.

Condições:

22, 23, 24 de Maio : sexta a domingo

Programa:
Chegada: sexta ao fim do dia, 20h00 (para jantar)
Partida: domingo, a partir das 17h00

Valor:
Retiro (alimentação vegetariana completa incluída):
Membros da Aiga e grupos de 5 pessoas 150€
participantes exteriores 180€
(consulte no fim os nossos preços especiais para quem frequente os dois retiros)

Estadia:
Sala, camarata (colchão no chão): 15€
Quarto (até 4 pessoas) : 20€/30€ (colchão ou cama)
Tenda milagrosa : 15€
Tenda própria : 5€

Possibilidade de parcelar o pagamento em fracções a definir, contacte-nos !

Reserva obrigatória até dia 25 Abril, mediante sinalização obrigatória de 50€ (não reembolsável em caso de desistência), dedutíveis do valor total do retiro.
Vagas limitadas!

Local:
Quinta dos milagres. Perto de Lagos.
(solicite-nos por mail o mapa para chegar,
Consulte-nos acerca da possibilidade de partilhar transporte)

Informações/ Inscrições:
Raphaella: 96 610 92 74 aiga.lusa@gmail.com


***************
Resumo dos preços dos retiros (sem estadia) :
**Pele da alma Só :
Membro da Aiga ou grupo de 5 pessoas : 110 €
Participantes exteriores : 130€

**Encontrar o seu feminino sagrado Só :
Membro da Aiga ou grupo de 5 pessoas : 150€
Participantes exteriores : 180€

** Os dois retiros :
Membro da Aiga ou grupo de 5 pessoas : 250€
Participantes exteriores : 300€

** Pele da Alma ** Beltane e o sagrado Fogo criativo (Criatividade, Sexualidade, Fertilidade)



Pele da Alma
Iris e Helena Madeira
Eco-Retiro na Natureza
Ferreira do Zêzere
1, 2 e 3 Maio

Criatividade,Sexualidade, Fertilidade

Yoga, Dança Oriental, A voz do Corpo,
Dança Afro, Contemporânea,Taças Tibetanas, Meditação e visualização criativa,
Dança Orgânica, Contos da Alma, Circulos de Cura e partilha em torno da Fogueira



Nesta fase do ano, celebra-se no ciclo anual céltico e gaélico o festival da Fertilidade Beltane.
Beltane era celebrado com grandes fogueiras, evocando a força Solar, a força criativa do Sol, que faz despontar as sementes da Terra, transformar as flores em fruto, a força da Sexualidade que transforma o corpo e o espirito pelo Amor, estimulando a criatividade em todos os aspectos da vida, a força da Luz iluminando a consciência trazendo plenitude, clareza de espirito, abundância e paz.
A criatividade é a força motriz do Ser, podemos criar-nos e recriar-nos continuamente, tendo por matéria base o que somos e vivemos, e assim, podemos recriar também tudo o que são as nossas vidas. Entrando em paz com o corpo, harmonizando a nossa relação com a Mãe Terra e o Pai Céu, integrando ambos em nos, a abundância fértil e a consciência. Este é um período favorável ao reencontro de si mesma. Da sua pele original, a essência da Alma, a possibilidade de renascer como as sementes, e abrir-se, florescendo como as flores da Primavera.
Neste Retiro trabalharemos a aceitação e integração harmoniosa de tudo o que somos, reconhecendo o nosso potencial criativo e sensual inato, e utilizando todos os aspectos de nos e das nossas vidas como matéria prima daquilo que queremos recriar, transformar, ser e viver. Transformando condicionamentos em liberdade, espaços estéreis em verdejantes bosques da Alma.
Este é um retiro vivencial, de experiência e partilha para Mulheres, as Mães, Irmãs, Amantes e Sabias desta
Terra Mãe da qual somos filhas.

As Técnicas:
Acreditando que somos um todo, neste retiro passamos por diversas técnicas que nos permitem contactar e conectar o corpo, mente e espirito, da sensação à emoção, da emoção à expressão, da expressão à criação.
Trabalharemos os chackras, centros energéticos, por meio de uma pratica diaria de Yoga : Ao acordar, respiraremos activando os centros nervosos, as células, a consciência e a concentração, recuperando uma postura e bio-dinamismo mais saudáveis. De encontro às fontes naturais de energia e prazer pela sensação, consciência contemplativa e fluidez. Transformar a percepção de dor e esforço, compreendendo a sensação de forma a integra-la dentro dos nossos limites e possibilidades sem a julgar e sem que nos condicione.Compreender a natureza do corpo de cada uma de nós, seus limites e bloqueios, visando superar as dificuldades e ir mais longe no que o gesto permite; através de exercícios e posturas de flexibilidade, força, equilíbrio e movimento. Trabalharemos técnicas de Pranayama (respiração consciente), meditação activa (giro de inspiração Sufi, exercícios de movimento e confiança, despertar da sensação intuitiva),
Utilizaremos aVoz do Corpo: “As canções são pensamentos cantados pela respiração quando as pessoas são movidas por grandes forças para as quais já não basta a fala comum.” Orpingalik, xamã e poeta do povo Inuit de Netsilingmiu, 1923. Encontro entre a consciência corporal, a meditação, a respiração e a voz. A Voz do Corpo destina-se a quem queira escutar o corpo e quem, através dele, se queira exprimir e não a quem queira aprender a cantar. A expressão vocal livre, sensorial nasce naturalmente de um processo centrado na respiração e no respeito do corpo.
Dançaremos, recorrendo a movimento espontâneo, exercicios de dança Oriental, Afro e contemporânea, integrando visualizações criativas e meditações dinâmicas no nosso movimento. Faremos viagens de som com voz e taças tibetanas, trabalhando a vibração interna do som e do silêncio. Celebraremos simples rituais de origem pagã: semear, formular intenções, partilhar em circulo em torno do Fogo.
A alimentação é vegetariana, utilizando os produtos que a Terra nos oferece nesta época, confeccionados com Amor e com a perpectiva de que os alimentos do corpo energizam a Alma. Integrando cada aspecto do que somos, e do que vivemos, aceitando-nos como parte do corpo pleno que é a Terra e o Universo.

sábado, julho 12, 2008

Ano-lectivo Oriental 2008/2009, Aulas regulares Lisboa, Íris



Aulas de manhã e hora de almoço:
Hatha Yoga
Segundas e quartas 11h00/12h00
Dança Oriental nível Intermédio:
Segundas e quartas 12h00/13h00
Dança Oriental Nível Iniciado:
Segundas e quartas 13h00/14h00

Aulas de tarde e fim de tarde:
Hatha Yoga:
segundas e quartas 17h00/18h00
Dança Oriental Fusão Cigana/Balkans
Segundas e quartas 18h00/19h00
Dança Oriental nível Avançado turma I
Segundas e Quartas: 19h00/20h00
Dança Oriental nível Intermédio
Segundas e Quartas: 20h00/21h00
Dança Oriental nível Avançado turma II
Segundas e Quartas: 21h00/22h00

Venha experimentar uma aula!

Possibilidade de marcação de aulas particulares em horário a combinar entre a orientadora e a aluna.

Se estes horários não lhe forem convenientes informe-se acerca das aulas particulares individuais, ou da possibilidade de abrir turma com um grupo a partir de três alunas, em horários a acordar!

Local: Casa Semente
Alvalade: Rua José Duro nº15,
na esquina dos correios da Avenida da Igreja, a 5 minutos do Metro de Alvalade


ACERCA DAS PRÁTICAS:
HATHA YOGA
Aula para alunas de todos os níveis
Parar, observar, respirar activando os centros nervosos, as células, a consciência e a concentração, recuperando uma postura e bio-dinamismo mais saudáveis. De encontro às fontes naturais de energia e prazer pela sensação, consciência contemplativa e fluidez.
Compreender a natureza do corpo de cada uma de nós, seus limites e bloqueios, visando superar as dificuldades e ir mais longe no que o gesto permite; através de exercícios e posturas de flexibilidade, força, equilíbrio e movimento. Trabalharemos técnicas de Pranayama (respiração consciente), asana (postura estável) segundo as linhas clássicas do Hatha Yoga, e princípios de corpo Ayurvédicos, de forma a integrar o corpo e mente como um todo, fortalecer a estrutura óssea e muscular, aumentar a flexibilidade, corrigir a postura e maus hábitos instalados nos gestos correntes; estimulando, simultaneamente, a concentração, a serenidade, a observação consciente e a expressão emocional e criativa. Abrindo dentro de si o caminho para um novo sentir, uma serenidade crescente, consciência contemplativa e um equilíbrio profundo enraizado na força vital saudável que dentro de nós reside.

DANÇA ORIENTAL
Este trabalho é um chamamento, um regresso às formas naturais da mulher, um cântico a cada parte da sua anatomia. Sendo uma dança milenar, atravessou diversos povos, desde civilizações pré-clássicas até aos povo Árabe. Foi uma dança de homenagem à fertilidade e à Grande Deusa, bem como uma dança preparatória para o parto, e uma simples celebração da vida quotidiana. A mulher como uma árvore, enraizada e flexível, naturalmente plena e ondulante.
Objectivos:
. Introdução à cultura e costumes do Médio-Oriente, bem como compreensão dos objectivos físicos, culturais e por vezes sagrados dos movimentos propostos.
. Conhecimento do suporte cultural que enforma as danças a trabalhar, sendo para tal recomendada bibliografia
.Conhecimento dos ritmos base da percussão Oriental .
. Conhecimento dos instrumentos base da música oriental
.Conhecimento dos estilos musicais base, respectivas danças, trajes e costumes culturais relacionados
. Criatividade e expressão corporal individual dentro da improvisação e composição coreográfica
. Promover a consciência corporal, revitalizando os sistemas circulatório, muscular e ósseo, a partir de exercícios de melhoramento e correcção postural, respiração, coordenação e isolamento de movimentos.
. Desbloquear tensões físicas, psicossomáticas e emocionais, de forma a promover o relaxamento e controle gradual das diversas partes do corpo.
. Revitalizar os sistemas digestivo e reprodutivo, melhorando a função dos órgãos internos através do estímulo da circulação sanguínea e oxigenamento.
. Estimular um equilíbrio entre contracção e descontracção musculares (sobretudo da zona abdominal, pélvica e dorsal), de forma a reestruturar, reafirmar e fortalecer estas zonas, permitindo-lhes simultaneamente mobilidade e versatilidade, em pleno respeito e melhoramento da estrutura anatómica feminina.
.Promover uma crescente sensação de bem estar, tranquilidade e plenitude, deixando o corpo responder espontaneamente aos estímulos musicais e de movimento propostos.
. Desenvolver a auto-estima, a feminilidade, e a comunicação.
. Desenvolver a sua linguagem corporal individual, expandindo o seu vocabulário e potencialidades, através de movimentos de dança milenarmente utilizados pelas mulheres orientais.
. Desenvolver a intuição corporal e a criatividade, promovendo um processo de contemplação e aceitação do corpo, ao invés de controlo.
. Plena noção e integração da postura (óssea e muscular) e respiração adequadas.
. Promover uma relação corpo/mente harmoniosa e fluida.
.Facilitar a concentração e relaxamento.
. Integrar e reconhecer os elementos (terra, água, fogo, ar) dentro de si e em seu redor.
. Desenvolver e criar um espaço para o «Sagrado Feminino»: encontrar o corpo como templo.
.Relacionar elementos internos (emotividade, criatividade) e externos (terra, fogo, ar e água traduzidos em movimento)

DANÇA ORIENTAL FUSÃO CIGANA
Compreender as diferentes nuances do movimento Oriental, consoante a zona geográfica de onde provém (Médio Oriente, Roménia, Grécia, Macedónia, Turquia, Rajhastão). Desenvolver a linguagem de Fusão: Integrar elementos de outras linguagens (Contemporâneo, Dança Indiana, Flamenco, Danças Ciganas, entre outras) na linguagem Oriental, criando novas e ousadas combinações, sobre fundos musicais de diversas inspirações étnicas.
Desenvolver a sua própria linguagem de fusão, através da experiência e improvisação. Encontra um espaço criativo livre, porém estruturado, inspirado na base Oriental, e com diversos outros elementos, de forma a traduzir ideias/sensações/percepções/estados de espírito/emoções através do movimento. Experimentar a liberdade criativa selvagem e a catarse do Povo Cigano nas suas tradições de música e Dança, deixar a emoção gerar movimento e fluir dentro deste processo criativo.

PROGRAMA TEMÁTICO:
Celebrações:
Solstício de Inverno: 14 Dezembro, Teatro Ibérico
Solstício de Verão: 21 Junho, Teatro Ibérico

DANÇA ORIENTAL INICIAÇÃO
Programa temático de Setembro a Dezembro:
- Consciência corporal
- Desenvolvimento da coordenação motora, concentração e capacidade de relaxamento
- Trabalho de re-educação respiratória e postural
- Estiramento e fortalecimento articular e muscular
- noção de ritmo e melodia
- Trabalho coreográfico sobre balady, dança popular Egípcia

DANÇA ORIENTAL INTERMÉDIO
Programa temático de Setembro a Dezembro:
- Vibrações e ondulações combinadas
- Trabalho coreográfico com bandeja sobre música turca
- técnica de equilibrio, ondulações combinadas, vibrações lentas e deslocações em giro
- Composição coreográfica sobre a Nuba (dança folclórica do Egipto e Sudão)

DANÇA ORIENTAL AVANÇADO
Programa temático de Setembro a Dezembro:
- trabalho coreográfico de sagats sobre música oriental Sefardita .ambas as turmas
- trabalho coreográfico de Khallegi (Golfo Pérsico) .Turma II
- trabalho de improvisação de danças de transe berberes .Turma I
- Giro de inspiração Sufi,deslocações e variações de movimento em giro .ambas

DANÇA FUSÃO ORIENTAL CIGANA
Programa temático de Setembro a Dezembro:
-trabalho de giros, com diferentes eixos de centro do corpo
- trabalho coreográfico de xailes sobre música lenta, interpretação dramática, posturas de pausa
- introdução ao trabalho com pandeireta sobre música rápida

NOTA:
- Para além dos conteúdos específicos referidos no programa serão trabalhados exercícios de isolamento e coordenação de técnica Oriental Intermédia ou avançada, consoante o nível em questão (vibrações, ondulações, deslocações, combinações, trabalho de chão, entre outros), fortalecimento e tonicidade muscular, postura, alongamento e técnica respiratória.
- Serão solicitados trabalhos de casa, individuais, em grupo, e em pequenos grupos, com o objectivo de desenvolver a criatividade e assimilação técnica dos conteúdos pretendidos. A apresentação destes trabalhos será pontualmente solicitada na aula.
- O acesso ao nível Intermédio e ao nível avançado é condicionado pela orientadora, que, tendo em conta os níveis de conhecimento da aluna, pode recomendar a frequência simultânea de um ou mais níveis, bem como as transições para níveis mais elevados quando o aproveitamento da aluna assim justificar.

Material necessário:
.Roupa confortável (de preferência calças que permitam ver claramente o movimento das pernas)
. Lenço para atar em torno da anca (pode trazer cinto de moedas, mas use-o apenas quando solicitado)
. acessórios nas aulas temáticas assinaladas
. Caderno e lápis de cor
. Boa disposição e abertura de espírito!

Número máximo de alunas por turma: 12
Inscrições:
Dado o número restrito de vagas, solicita-se que seja feita a pré-inscrição, logo que possível a fim de garantir a vaga.
A pré-inscrição consiste no pagamento do valor da jóia anual de inscrição.
A não comparência sem justificação durante dois meses consecutivos implica a perda da vaga.

Condições:
Mensalidades:
1h semanal: 25€
2h semanais: 40€
3h semanais: 50€
4h semanais: 60€
5h semanais: 70€
6h semanais: 80€
Livre Trânsito: 85€

Inscrição anual:
Antigas alunas: 10€
Novas alunas: 15€

Aulas Particulares:
1h30: 25€
2h: 30€

Info/Inscrições: Iris 96 514 39 73
iris.aiga@tele2.pt aiga@sapo.pt


ÍRIS
Para além da sua formação em teatro, literatura, Dança Contemporânea e Moderna, Íris encontra na Dança Oriental a sua forma Orgânica de expressão.
A sua formação concentra-se nas Dança Clássica Egípcia, Danças tradicionais folclóricas e rituais do Médio Oriente e Hatha Yoga, passando também por danças ciganas do mundo, Flamenco, Meditações estáticas e dinâmicas. Acompanharam-na de forma marcante mestres como Shokry Mohamed, Myriam Szabo e Farida Fahmy, que inspiraram uma profunda aprendizagem simultaneamente ao nível técnico e humano, tendo frequentado e organizado ateliers com diversos artista desta área quer em Portugal, quer pela Europa.
Actua e lecciona em Portugal, Espanha, França e Holanda (Amsterdão). Tendo acompanhado Myriam szabo e as Salamantra,os grupos «Les Aminches» (França), «Ciganos d’Ouro», Eduardo Ramos(Portugal), entre outros. Participa, e produz o espectáculo «Danças de Negro» com Paula Lena (Argentina). Participa nos espectáculos de Hossam Ramzy, Jillina e Sharon Kihara (Bellydance Superstars), em Lisboa. Actualmente colabora com o percussionista Baltazar Molina e com Helena Madeira em projectos artísticos diversos.
Ao nível do ensino levou a cabo projectos educativos visando a cultura do Médio Oriente com o Liceu Francês Charles Le Pierre (Lisboa) e com o Centro Cultural de Belém. Leccionando actualmente com regularidade em Lisboa (Centro de Dança de Oeiras), na Casa Semente, o seu estúdio em Alvalade, e em Sintra na academia Danceart.
Iris lecciona e estuda Hatha Yoga, tendo sido formada como Yoga Siromani pela Internacional Sivananda Yoga Vedanta Centers, na Áustria. Tem também formação em Massagem Ayurvédica, Thai Yoga massage, massagem de som com taças tibetanas e Doula (pela associação Doulas de Portugal).
Desenvolve um trabalho de pesquisa de movimento pessoal, baseado na integração de arquétipos mitológicos ancestrais na expressividade da Dança, e no interno espaço sagrado que a dança proporciona. Uma força espiral, girando, simultaneamente, para o interior e para o exterior. Poesia de vento e pele, inspiração de Luar…

Dança Oriental: Aulas regulares Algés, Íris

Nível Iniciado:Terças e Quintas, 19h00 às 20h15
Nível Intermédio:Terças e Quintas, 20h15 às 21h30
Início dia 16 de Setembro

Local: CDO, Palácio Ribamar, Algés
Venha experimentar uma aula!

PROGRAMA TEMÁTICO:
Celebração do Solstício de Inverno: 14 Dezembro, Teatro Ibérico
Celebração do Solstício de Verão: 21 Junho, Teatro Ibérico

INICIAÇÃO
Terças e Quintas 19h00/20h15
Programa temático de Setembro a Dezembro:
- Consciência corporal
- Desenvolvimento da coordenação motora, concentração e capacidade de relaxamento
- Trabalho de re-educação respiratória e postural
- Estiramento e fortalecimento articular e muscular
- noção de ritmo e melodia
- Trabalho coreográfico sobre balady, dança popular Egípcia
Para mais informação por favor leia os textos acerca dos benefícios e objectivos da Dança no artigo acima, referente às aulas de iniciação da Casa Semente.

INTERMÉDIO
Terças e quintas 20h15/21h30
Programa temático de Setembro a Dezembro:
- Vibrações e ondulações combinadas
- Trabalho coreográfico com véus sobre música clássica Oriental
- ondulações combinadas, vibrações lentas
- deslocações em giro, e diferentes formas de giros e arabescos sobre o mesmo ponto espacial
- Composição coreográfica sobre a Nuba (dança folclórica do Egipto e Sudão)

Para além dos conteúdos específicos referidos no programa serão trabalhados exercícios de isolamento e coordenação de técnica Oriental Intermédia (vibrações, ondulações, deslocações, combinações, trabalho de chão, entre outros), fortalecimento e tonicidade muscular, postura, alongamento e técnica respiratória.
Serão solicitados trabalhos de casa, individuais, em grupo, e em pequenos grupos, com o objectivo de desenvolver a criatividade e assimilação técnica dos conteúdos pretendidos. A apresentação destes trabalhos será pontualmente solicitada na aula.
O acesso ao nível Intermédio é condicionado pela orientadora, que, tendo em conta os níveis de conhecimento da aluna, pode recomendar a frequência simultânea do nível iniciado e intermédio até considerar a aluna apta a frequentar apenas o nível intermédio, ou mesmo solicitar unicamente a frequência do nível iniciado, até que a aluna tenha adquirido os conhecimentos necessários para a transição de nível.Do mesmo modo, a orientadora poderá solicitar a transição do nível iniciado para o nível intermédio quando considerar adequado.

Info/Inscrições:
Iris 96 514 39 73 iris.aiga@tele2.pt
CDO: Director António Laginha: 96 803 02 22
www.cdo.com.pt

Dança Oriental e Fusão Cigana, Aulas regulares Sintra, Íris

Início: dia 5 de Setembro
Quando?às sextas:
Dança Oriental nível Intermédio 18h30 às 19h45
Fusão Cigana 19h45 às 21h00
Dança Oriental nível Avançado 21h00 às 22h15

Programa de Setembro a Dezembro:
Dança Oriental nível Intermédio:
- Vibrações e ondulações combinadas
- Trabalho coreográfico com véus sobre música clássica Oriental
- ondulações combinadas, vibrações lentas
- deslocações em giro, e diferentes formas de giros e arabescos sobre o mesmo ponto espacial
- Composição coreográfica sobre a Nuba (dança folclórica do Egipto e Sudão)

Fusão Cigana:
- Composição coreográfica com xaile
- Trabalho de postura, braços e deslocações

Onde?
Academia DanceArte
Rua Doutor Félix Alves Pereira nº13
(junto à estação da CP Portela de Sintra)

Info/Inscrições:
www.danceart.pt
academia@dancearte.pt
91 688 86 38 96 435 50 10

Dança Oriental e Voz aulas regulares com Helena Madeira



A Voz: terças e quintas das 19h00 às 20h
Dança Oriental Iniciação: terças e quintas das 20h às 21h30

Início: 16 de Setembro

Onde?
Na Casa Semente
Alvalade: Rua José Duro nº15,
na esquina dos correios da Avenida da Igreja, a 5 minutos do Metro de Alvalade

A Voz do Corpo
A Voz do Corpo é um encontro entre a consciência corporal,
a meditação, a respiração e a voz.
O conhecimento da Voz como um instrumento orgânico
integrará a pesquisa da anatomia e do funcionamento do corpo,
através de exercícios que permitam consciencializar, mas
sobretudo sentir este instrumento.
Partiremos de exercícios básicos de respiração e Audição
exterior, para progressivamente explorar a ressonância Interna da
Voz no corpo.
É neste contexto de foco individual que, posteriormente,
iremos ao encontro de harmonizações e improvisações colectivas.
Serão facultadas as bases teóricas sobre o funcionamento vocal
e levada à discussão os diversos tipos de “colocação da Voz”.
A Voz do Corpo destina-se a quem queira escutar o corpo e quem,
através dele, se queira exprimir individual e colectivamente e
não a quem queira “aprender a cantar”.
Este trabalho vai, pois, ao encontro de curiosos ou Profissionais
da Voz, da Expressão e do Corpo.
Tem como objectico a expressão vocal livre, sensorial que
nasce naturalmente de um processo centrado na respiração
e no respeito do corpo.

Dança de Expressão Oriental e Contemporânea
Este trabalho propõe a exploração do potencial expressivo do Corpo através das técnicas de Dança Oriental e Contemporânea, da Emoção e da Sensação.
Partiremos de exercícios básicos de postura, respiração, consciência corporal e flexibilidade.
Daremos ênfase e expressão a cada parte do corpo através de movimentos suaves e ondulatórios, tão característicos à Dança Oriental. Progressivamente chegaremos ao todo espiritual, à noção de “eixo” e equilibrio.
O chão enquanto Raíz. A establidade e a plena relação da Música com o Corpo.
Posteriormente, através de exercícios simples da Técnica Cunningham, “brincaremos” com o peso do Corpo, o equilibrio/desequilibrio e o “eixo”.
Vamos explorar o espaço cénico em toda a sua complexidade e a deslocação em várias direcções. A verticalidade e o chão serão abordadas de uma forma mais abrangente.
A instablidade e o desfazamento da Música com a Dança.
Finalmente, cedemos o lugar ao improviso, dando espaço ao erro e experimentação.
Este trabalho destina-se a bailarinos de dança Oriental e/ou Contemporânea, curiosos do Corpo e da Expressão. É, pois, de nível Aberto.

Condições:
Primeira aula experimental livre
Inscrição anual: 15€
Mensalidades:
1 hora semanal:25€
1h30 semanal: 30€
2h semanais: 40€
2h30 semanais: 45€
3h semanais: 50€
3h30 semanais: 55€
4h semanais: 60€
5h semanais: 65€

Info/Inscrições:
Helena Madeira 934012829 helenamadeira100@gmail.com http://www.myspace.com/helenasofiamadeira

Helena Madeira
O meu percurso como ser humano contempla onze anos de dança.
Tocaram-me particularmente, os encontros com Sofia Neuparth,
Howard Sonenklar e Peter Michael Dietz na pesquisa
do Movimento e no estudo do Corpo no C.E.M; Destaco a
Orientação do Fernando Nogueira e António Feio no
trabalho teatral e Fernando Serafim no Canto Lírico.
Tive aulas, frequentei workshops de Dança Africana com Marc
N’Danou e Toni Tavares, Dança Oriental com Íris,
Myriam Szabo, Annie N’Ganou, Paula Lena e Prisca Diedrich.
Actualmente, estudo Canto no Conservatório Nacional, e passei,
também, pela Escola de Jazz do Hot Club em Lisboa.
Ao vivo apresento-me com o Projecto Iara (concerto Performativo),
Uterus (Dança Oriental e Contemporânea) e
Caixinha de Música (Teatro Musical Infantil) e abraço os MU sempre
que me convidam.
Dedico-me às alunas com quem posso partilhar a Dança Oriental
e Contemporânea e, a Voz enquanto instrumento orgânico.
Do ponto de vista académico sou licenciada em Antropologia e em
Língua e Literatura Italiana.
Interesso-me pelos rituais de Voz e Corpo enquanto processos
sociais e psicológicos de manutenção da estabilidade das
Sociedades. Sou Apaixonada pela Luz de Lisboa.
Adoro o tempo que tem a inspiração, o caminho que percorre às
profundezas de mim...
E como da expiração nasce o som e o movimento...

A arca: Expressão corporal criativa para crianças


Por Catarina Parrot
a publicar brevemente

Crianças entre 8 e 12 anos
Quando? Em Outubro, todos os sábados do mês
Horário: das 10:30 ao 12:30
Preço:20 euros/ mês
Onde?
Na Casa Semente
Alvalade: Rua José Duro nº15,
na esquina dos correios da Avenida da Igreja, a 5 minutos do Metro de Alvalade

Info/Inscrições:
Catarina: 91 898 24 10 catarina_parrot@hotmail.com

Pele da Alma:Encontros mensais Teatro reflexo, Sintra


Iris e Helena Madeira

Nestes encontros mensais ambientados na maravilhosa serra de Sintra, iremos reencontra a pele essencial da alma.
Aquela que tantas vezes despimos, sem nos aperceber, e sem a qual lentamente definhamos.
Mergulharemos em nós, nas tantas mulheres que somos, encontrando a expressão verdadeira do corpo, da voz, da alma.
Vamos explorar som e silêncio, movimento e quietude, feminino e masculino, solar e lunar iremos ao encontro da nossa expressão pessoal.
Os encontros Pele da Alma são encontros de regeneração, de retorno, de descoberta. Exploraremos a vibração do Som das taças Tibetanas, da Voz Interior, bem como a Voz em conjunto. Fluindo com a massagem das ondas sonoras nas moléculas de Àgua do nosso Corpo. E sobre esse Corpo transformado, dançaremos. Integrando exercícios simples de respiração (pranayama), asanas de yoga, movimentos de dança oriental e dança orgânica (meditação em movimento e visualização criativa dançada).

Condições:
Horário: 12h às 18h

Local: Teatro Reflexo : Av. Heliodoro Salgado nº 41 1ºfundo
(perto do CC Olga Cadaval) Sintra
O ponto de encontro é o Teatro reflexo, mas os encontros podem acontecer em espaços naturais da Serra, dependendo das condições climatéricas.

Valor: 40€
:) Refeição vegetariana biológica incluída
Alunas Aiga e grupos de 5 pessoas redução de 10%

Datas:
Domingos
4 Outubro, 9 Novembro, 30 Novembro
18 Janeiro, 8 Fevereiro, 8 Março
5 Abril, 10 Maio, 7 Junho

Nota:
- A inscrição deverá ser confirmada até 3 dias úteis anteriores à data de cada encontro.
- A inscrição deverá ser sinalizada com o valor de 10€ (não reembolsáveis em caso de desistência), dedutíveis no valor total do encontro.
- Número mínimo de participantes:10
- Número máximo de participantes: 15

Info/Inscrições:
Íris: 96 514 39 73 iris.aiga@tele2.pt
Helena Madeira: 93 401 28 29 helenamadeira100@gmail.com

Pele da Alma: Encontros mensais Casa do Rio, Foz, Porto


Iris e Helena Madeira

Nestes encontros mensais ambientados nas maravilhosas margens do Douro, iremos reencontrar a pele essencial da alma.
Aquela que tantas vezes despimos, sem nos aperceber, e sem a qual lentamente definhamos.
Mergulharemos em nós, nas tantas mulheres que somos, encontrando a expressão verdadeira do corpo, da voz, da alma.
Vamos explorar som e silêncio, movimento e quietude, feminino e masculino, solar e lunar iremos ao encontro da nossa expressão pessoal.
Os encontros Pele da Alma são encontros de regeneração, de retorno, de descoberta. Exploraremos a vibração do Som das taças Tibetanas, da Voz Interior, bem como a Voz em conjunto. Fluindo com a massagem das ondas sonoras nas moléculas de Àgua do nosso Corpo. E sobre esse Corpo transformado, dançaremos. Integrando exercícios simples de respiração (pranayama), asanas de yoga, movimentos de dança oriental e dança orgânica (meditação em movimento e visualização criativa dançada).

Condições:
Horário: 11h às 16h30

Local: Casa do Rio :
Rua Gaspar Correia 303 Foz-Portp
Junto à Pousada da Juventude, autocarros mesmo ao lado: 207 e 504.
Um pouquinho mais longe o 200, 202, 204, 500.

Valor: 30€
:)Trazer refeição leve e vegetariana para partilhar.
Alunas Aiga e grupos de 5 pessoas redução de 10%

Datas:
Domingos
26 Outubro, 23 Novembro,
25 Janeiro, 1 Março, 29 Março
26 Abril, 31 Maio, 14 Junho

Nota:
- A inscrição deverá ser confirmada até 3 dias úteis anteriores à data de cada encontro.
- A inscrição deverá ser sinalizada com o valor de 10€ (não reembolsáveis em caso de desistência), dedutíveis no valor total do encontro.
- Número mínimo de participantes:10
- Número máximo de participantes: 20

Info/Inscrições:
Íris: 96 514 39 73 iris.aiga@tele2.pt
Helena Madeira: 93 401 28 29 helenamadeira100@gmail.com
Carlos e Maria: 918268187 ou 917582364 acasadorio@gmail.com

Pele da Alma:Eco-Retiro na Natureza 31 Out,1 e 2 Nov


Dançando a mudança de pele
Iris e Helena Madeira
Eco-Retiro na Natureza Ferreira do Zêzere
31 Outubro, 1 e 2 Novembro


Nesta fase do ano, celebra-se a passagem do ano ancestral. O samhain ou, actual Halloween representa a passagem para o ano lunar, momento de “despir” a velha pele, de deixar cair as folhas como as àrvores, de “deixar morrer para deixar nascer”. Do mesmo modo, este é um período favorável ao reencontro de si mesmo. Da sua pele original, a essência da Alma, perdida outrora.
Neste Retiro trabalharemos o despojamento, a libertação dos condicionamentos passados, o espaço vazio de onde poderá, mais tarde brotar, a verdejante Primavera do Espírito.
Para tal, vamos recorrer ao Arquétipo de Hekat, anciã, a mulher-loba, a mulher-rã, a mulher-coruja. A que guia nos caminhos, nas encruzilhadas, nas travessias vida-morte-vida.

Yoga, Dança Oriental, A voz do Corpo, Dança Contemporânea,
Taças Tibetanas, Meditação e visualização criativa,
Dança Orgânica, contos da Alma


Material necessário:
Roupa simples e muito confortável
Roupa velha (que tenha usado muito) para cortar e desmanchar
Linhas, agulha, tesoura e dedal
Meias quentinhas

Condições:
31 Outubro, 1 e 2 Novembro : sexta a domingo
Programa:
Chegada: sexta ao fim do dia, 20h00 (para jantar)
Partida: domingo, a partir das 17h00

Valor:
Retiro (alimentação vegetariana completa incluída): 100€
Estadia: Colchão no chão - 20€ Cama fofa - 25€
Alunas Aiga e grupos de 5 pessoas: 10% de desconto
Possibilidade de parcelar o pagamento em fracções a definir, contacte-nos!
Reserva obrigatória até dia 25 Outubro, mediante sinalização obrigatória de 50€ (não reembolsável em caso de desistência), dedutíveis do valor total do retiro.
Vagas limitadas!

Local:
Casa de Avecasta, Ferreira do Zêzere
(solicite-nos por mail o mapa para chegar,
Consulte-nos acerca da possibilidade de partilhar transporte)

Informações/ Inscrições:
Iris 96 514 39 73
iris.aiga@tele2.pt aiga@sapo.pt

As Técnicas:
Yoga, Pranayama (respiração consciente) e meditação
Ao acordar, respiraremos activando os centros nervosos, as células, a consciência e a concentração, recuperando uma postura e bio-dinamismo mais saudáveis. De encontro às fontes naturais de energia e prazer pela sensação, consciência contemplativa e fluidez.
Compreender a natureza do corpo de cada uma de nós, seus limites e bloqueios, visando superar as dificuldades e ir mais longe no que o gesto permite; através de exercícios e posturas de flexibilidade, força, equilíbrio e movimento. Trabalharemos técnicas de Pranayama (respiração consciente), meditação activa (giro de inspiração Sufi, exercícios de movimento e confiança, despertar da sensação intuitiva), Yoga, massagem e princípios de corpo Ayurvédicos, de forma a integrar o corpo e mente como um todo, fortalecer a estrutura óssea e muscular, aumentar a flexibilidade, corrigir a postura e maus hábitos instalados nos gestos correntes; estimulando, simultaneamente, a concentração, a serenidade, a observação consciente e a expressão emocional e criativa. Despertando sensações desconhecidas, mergulhando na memória e potencial infinito do corpo e ser femininos.

A Voz do corpo
“As canções são pensamentos cantados pela respiração quando as pessoas são movidas por grandes forças para as quais já não basta a fala comum.” Orpingalik, xamã e poeta do povo Inuit de Netsilingmiu, 1923. Encontro entre a consciência corporal, a meditação, a respiração e a voz. O conhecimento da Voz como um instrumento orgânico integrando apesquisa da anatomia e do funcionamento do corpo, através de exercícios que permitam consciencializar, mas sobretudo sentir este instrumento.A Voz do Corpo destina-se a quem queira escutar o corpo e quem, através dele, se queira exprimir e não a quem queira aprender a cantar. A expressão vocal livre, sensorial nasce naturalmente de um processo centrado na respiração e no respeito do corpo.

Dança Oriental
Este trabalho é um chamamento, um regresso às formas naturais da mulher, um cântico a cada parte da sua anatomia. Sendo uma dança milenar, atravessou diversos povos, desde civilizações pré-clássicas até aos povo Árabe. Foi uma dança de homenagem à fertilidade e à Grande Deusa, bem como uma dança preparatória para o parto, e uma simples celebração da vida quotidiana. A mulher como uma árvore, enraizada e flexível, naturalmente plena e ondulante.

Dança Orgânica
Inspirando-nos de contos arquétipos para estimular o subconsciente e trazer á consciência imagens e sensações ancestrais.
Redescobrir o corpo, a memória da sensação, a capacidade de unir a imaginação e a visualização criativa à sensibilidade de cada parte do corpo. Abstrair-se do olhar exterior para mergulhar em profundidade na visão interior, ouvir e ouvir-se, meditar vivendo plenamente a experiência da emoção sugerida, mover-se, dançar, tocar, chorar, rir, elevar-se pelo êxtase de sentir, celebrar profundamente e parar, abraçar o silêncio, contemplar…Ser infinita!