terça-feira, dezembro 18, 2007

Formação Intensiva de Danças do Mundo, Braga


DANÇAS DO MUNDO
Dançando o Mundo que nos Dança
Formação Intensiva,Braga
Setembro a Junho

Bharata Natyam: Dança Clássica do Sul da Índia Tarikavalli
Dança Oriental e fusão Rom /Oriental Íris
Flamenco Sofia Abraços


Entre nós existe um Mundo. Expressões de culturas ancestrais, mais longínquas ou mais próximas.
Um Mundo que palpita com o ritmo sincopado do coração, que respira com o vento, que flúi em marés como as águas e que se apaixona em êxtase de fogo….
Um mundo tão variado como o Sonho e o Ser! Um Mundo que em nós dança…E por nós é dançado…
Nesta formação propomos uma viagem, ao mundo interno e a mundo que nos rodeia. Atravessando 6 trabalhos diferentes, dançaremos o Flamenco de Espanha, Dança Clássica do Sul da Índia, Dança Oriental, Dança Rom (Cigana). Rodopiaremos, fecharemos os olhos, Respirando, encontraremos a sensação, a meditação, a música que nos percorre e se transforma em voz do corpo.Vivendo o corpo como um todo, trabalharemos o aspecto sagrado e terapêutico da alimentação.Descobrindo costumes e tradições de outros recantos do mundo, redescobrindo visões, despertando sensações.
A cada domingo do mês, uma disciplina diferente, que todos os meses se repete.
Para um trabalho intensivo, progressivo, profundamente transformador, pleno de liberdade criativa e inspiração!


Bharata Natyam - Dança clássica do Sul da Índia - Tarikavalli
De acordo com os livros sagrados da Índia, a dança tem uma origem divina. Parvati inventou a graciosa dança «lasya» e o seu esposo Shiva-Nâtarâja, o rei da dança, rivalizou com ela com o modo viril «tandava». O espectáculo encantou todos os deuses, os quais pediram a Brahma, o Criador, que revelasse alguns elemento deste conhecimento entre os homens. Brahma ensinou-os ao sábio Bharata, que os codificou num tratado em sanskrito: o Nâtya-Shâstra, há cerca de 2000 anos.O sábio Bharata é, sem dúvida, um ser mítico: o seu nome, segundo os historiadores modernos, será composto pela primeira sílaba das palavras «bhâva», «râga», e «tâla», que significam: emoção, melodia e ritmo, as três qualidades essenciais da dança na Índia.
O Bharata Natyam caracteriza-se por linhas simétricas e geometricamente perfeitas, por voltas, saltos, deslocamentos por todo o espaço cénico e golpes com os pés que marcam ritmos complexos. À técnica pura acrescenta-se o abhinaya: expressões da cara acompanhadas de gestos das mãos (hasta) e posturas do corpo (anga) para interpretar os poemas e os hinos cantados.Esta arte, que se confunde com o sagrado, restitui ao homem o sabor da sua origem. Tudo na dança da Índia remete para o Significado, para o ensinamento profundo, juntamente com o prazer estético e a alegria que desperta. «Onde a mão vai, é seguida pelo olhar, onde o olhar pousa vai o espírito, onde o espírito vai está o coração, e lá onde se encontra o coração, encontra-se a realidade do Ser.» Abhinaya Darpa


Flamenco, Sofia Abraços
Entre palmas, compasso, ritmo. Entre sapateados, voltas, sais que rodopiam, o Fogo Flamenco! Proponho ensinar neste curso passos e movimentos de tango Flamenco, finalizando com uma pequena coreografia deste mesmo " compàs". O Tango Flamenco é um dos estilos básicos do Flamenco, a sua aparição histórica é bastante tardia comparativamente a outros estilos de cantes e bailes Flamencos. Este é um género que permite à "bailahora" brincar e seduzir nos seus movimentos, resultando em momentos de muita sensualidade.


Dança Oriental: Clássica, Folclore, Danças Rituais, Fusão Rom Íris
A Dança acontece nas cozinhas, nos desertos, nas tendas, nos caminhos, campos de cultivo, nos casamentos, nas celebrações, nos partos, e na simplicidade de uma qualquer ocasião espontânea. Evoca gesto sagrados e quotidianos com a mesma plenitude, permitindo-nos transformar as dificuldades em serenidade e ser, plenamente, no momento! Inspirando--se do vento, dos pássaros, dos cavalos, da emoção pura, da Natureza e seu movimento traduzido em corpo. A mulher como uma árvore, enraizada e flexível, naturalmente plena e ondulante.Sendo uma das mais ancestrais formas de expressão corporal do ser Humano, a Dança Oriental atravessou séculos, povos, gerações, e sobretudo,mulheres de todas as idades e condições. Assim, neste curso atravessaremos danças tradicionais do médio Oriente , folclore e danças rituais. Do Egipto a Marrocos, passando pela Turquia, deixaremos que o som e a emoção se transformem em movimento.
Trabalharemos a liberdade e êxtase das danças ciganas dos Balkans (Grécia., Turquia, Macedónia), as suas formas orientais ousadas e quentes. Aliando a Dança e cultura Orientais a conceitos de Yoga, Pranayama, Ayurveda e massagem, para sublimar a consciência a partir da sensação. Resgatando o sagrado feminino e a expressão essencial e orgânica de cada mulher através de culturas de movimento, melodia e simbolismos ancestrais.


Programa Temático:
Setembro:
Dança Oriental: Nível Iniciado Técnica base, movimentos circulares, respiração, trabalho de isolamento de peito e bacia
Nível Intermédio: Danças Rituais: Danças de cabelo
Fusão Rom: técnica base, sapateados e ondulações
Outubro:
Dança Oriental: Nível Iniciado Técnica base, ondulações e vibrações
Nível Intermédio: Ritmos base da percussão Oriental e movimentos específicos
Fusão Rom: trabalho de braços e postura, inicio da construção coreográfica
Novembro:
Dança Oriental: Nível Iniciado Técnica base, acentuações e braços
Nível Intermédio: Ritmos base da percussão Oriental e movimentos específicos II Fusão Rom: giros, construção coreográfica
Janeiro:
Dança Oriental: Nível Iniciado Técnica base, trabalho de braços e movimentação no espaço
Nível Intermédio: solos de percussão e Saidi (folclore Egípcio)
Fusão Rom: giros, trabalho de braços e postura, coreografia
Fevereiro:
Dança Oriental: Nível Iniciado Técnica base, início da construção coreográfica
Nível Intermédio: Saidi e balady (folclore Egípcio), Dança do Cântaro
Fusão Rom: coreografia, deslocações no espaço, introdução ao trabalho de xaile Março:
Dança Oriental: Nível Iniciado coreografia, introdução ao folclore egípcio
Nível Intermédio: Dança Oriental Clássica introdução, trabalho de véu
Fusão Rom: trabalho de xaile, percussão corporal
Abril:
Dança Oriental: Nível Iniciado coreografia, folclore egípcio, improvisação
Nível Intermédio: Dança Oriental Clássica: ondulações e vibrações combinadas, Véu Fusão Rom: danças gregas Zorba e Kalamatiano
Maio:
Dança Oriental: Nível Iniciado os 5 elementos que nos compõem e sua expressão dançada
Nível Intermédio: coreografia clássica, trabalho a pares
Fusão Rom: trabalho de saia Junho: Revisões, improvisações em grupo e a solo
Nota: Todas as sessões incluem exercícios de postura, respiração, alongamentos, consciência corporal e meditação. O trabalho da Dança como um todo, integrando corpo, mente e espírito numa só unidade. Aconselha-se a prática de Pranayama e meditação para um trabalho mais completo.

CALENDÁRIO E PROGRAMA:
1º Domingo de cada mês: Bharata- Natyam, Dança Clássica do Sul da Índia 14h30 às 17h30
3º Domingo de cada mês: Flamenco 14h30 às 17h30
4º Domingo de cada mês:
Meditação e Pranayama 10h00 às 11h00
Dança Oriental: Nível iniciado: 11h00 às 13h00 Intermédio: 14h00 às 16h00
Dança Oriental Fusão Rom (Cigana) 16h00 às 17h30

Início:
23 Setembro (4º domingo)
Interrupções:
Natal: domingos 23 e 30 Dezembro (4º e 5º)
Páscoa 23 Março (4º domingo); como este mês tem 5 semanas, a aula passará para dia 30 (5º domingo)
Fim: 29 Junho, Celebração de encerramento
Almoço com apresentação dos trabalhos realizados durante o ano-lectivo e performances das orientadoras

Condições:
Curso Completo:
Carga horária: 125h
Curso completo por disciplina:
Bharata-Natyam ou Flamenco:
Carga horária: 30H
Dança Oriental 1 nível: 20h
2 niveis: 40h
Dança Oriental Fusão Rom:
Carga horária: 15H
Meditação e pranayama :
Carga horária: 10h

Combinação de disciplinas: Duas, redução de 10% Três, redução de 15% Quatro: redução de 20% Cinco: Redução de 25% Seis: redução de 30% Estas reduções são calculadas sobre a soma do valor total das disciplinas escolhidas. Aula avulso: Um mês: Possibilidade de parcelar o pagamento em várias vezes, contacte-nos!Vagas limitadas! As inscrições devem ser feitas por mail ou telefone, no máximo até ao domingo anterior a cada aula.

Informações, reservas, inscrições:
Ana Caridade: 96 5550 22 69 Milita: 91 949 25 84
atcaridade@hotmail.com

Informações sobre programa temático e orientadoras: iris.aiga@tele2.pt

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home